Como Santo André está reduzindo perdas de água

Da Redação – 24.07.2017 –

Processo envolve ampliação de reparos e investimento em tecnologia, segundo concessionária local

Letra A, do famoso ABC Paulista, Santo André resolveu melhorar seus índices de perdas de água. A iniciativa é da Semasa, autarquia que responde pela concessão dos serviços de saneamento. Desde março, a companhia tem feito uma investida na infraestrutura, o que já computa cerca de 10 mil ordens de serviço para reparos de vazamentos em redes e ligações de água na cidade. Além disso, também foram executados 406 metros de remanejamento de redes antigas.

Em uma apresentação oficial em março desse ano, o encarregado de controle de perdas de água da concessionária, Paulo Seiji Yamasaki, listou várias iniciativas recentes, entre as quais a pesquisa de vazamentos não visíveis (geofonamento) e o já citado reparo dos vazamentos, o que inclui desde a troca de macromedidores nos reservatórios como a substituição de  hidrômetros acima de cinco anos, o que somaria aproximadamente 40 mil desses dispositivos por ano.

Outra frente de ação envolve a atualização do cadastro de rede de água (manobra), a atualização da setorização de abastecimento e a implantação física do programa Reágua 1 (escolas) e Reágua 2 (setor Parque das Nações). Também existem projetos e instalação de Válvula Redutora de Pressão (VPR), sendo uma já ativada e outras quatro previstas. O VRP reduz a pressão da água para níveis mais adequados, melhorando o sistema e sua eficiência. O controle de pressão e uso de dataloggers, além da consciência ambiental complementam as iniciativas.

Como informação é poder, a concessionaria tem investido no levantamento de dados, incluindo métricas do índice de perdas por setores e por assentamentos, pesquisa da idade média dos hidrômetros e levantamento de dados de consumo dos caminhões-tanque. A avaliação da metragem de rede do Sistema de Informações de Saneamento Integrado (Sisani) igualmente faz parte do processo.

Para facilitar a vida dos moradores, a companhia também passou a divulgar um boletim diário com as intervenções ou manutenções realizadas que ocasionam a necessidade de fechamento do abastecimento de água. As informações estão disponíveis nos canais virtuais, incluindo site, Facebook e aplicativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *