Concessionária ferroviária aumenta transporte de carga em 30%

Redação – 06.08.2019 –

Brado movimenta mais de 70 tipos de produtos entre Mato Grosso e São Paulo

A Brado, concessionária ferroviária que opera no Centro-Oeste e Sudeste, aumentou o transporte de carga em 30% no primeiro semestre desse ano em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo ela, foram mais de 6.400 contêineres movimentados por ferrovia entre os terminais de Sumaré (SP) e Rondonópolis (MT). A empresa opera com mais de 70 tipos de cargas, abastecendo um mercado interno num raio de cerca de 300 km no entorno das cadeias logísticas de Campinas e Cuiabá.

Desde o segundo semestre de 2017, a concessionária tem uma operação que funciona no sistema round-trip (viagem completa) em que o trem nunca roda vazio. Com isso, a companhia leva para o interior paulista commodities como o milho, ração e óleo vegetal, e retorna com bens de consumo diversos: alimentos, bebidas, materiais de construção e produtos de limpeza.

Brado usa vagões que são referência nos Estados Unidos 

“Os resultados positivos do primeiro semestre representam a consolidação do nosso plano estratégico do mercado interno”, afirma Daniel Salcedo, gerente executivo de Mercado Interno, Importações e Armadores da Brado. “É um segmento em expansão e que terá um ganho de 40% na capacidade de transporte ferroviário com a circulação dos novos vagões double-stack”.

Projetado para atender o mercado interno, as operações com contêineres empilhados em dois níveis foram iniciadas em junho. Os trens são formados com vagões que podem carregar até três contêineres empilhados (um de 40 pés e dois de 20 pés). “É um modelo eficiente que dobra a capacidade em relação ao vagão convencional”, explica Salcedo.

Referência nos Estados Unidos, o vagão double-stack já está sendo utilizado pela Brado, e percorre um trecho de aproximadamente 1.400 quilômetros entre Rondonópolis e Sumaré. Para 2019, a Brado estima um crescimento superior a 25% no volume de cargas transportado, atingindo a marca de 330 mil TEUs no ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *