Mercado de energia na mira dos hackers via IoT

Redação – 07.08.2020 –

Reportagem da revista Wired mostra acessos indevidos a dispositivos inteligentes em redes de transmissão nos Estados Unidos

O mercado de energia nos Estados Unidos – e fora dele – está sob a ameaça de ataques de hackers segundo os pesquisadores do Georgia Institute of Technology. Eles sugerem que equipamentos como termostatos inteligentes, carregadores de energia em carros e até mesmo ar condicionados podem ser a porta para o ataque de robôs focados em dispositivos de Internet das Coisas (IoT) na área de energia. Atacados estrategicamente, eles podem ser usados para aumentar a demanda em certos momentos, forçando a flutuação indevida de preços no mercado norte-americano.

A disrupção não se limitaria a valores, mas poderia causar pane nos serviços. Os pesquisadores usaram dados reais de mercado como os da cidade de Nova York e do estado da Califórnia para simular cenários desastrosos a partir de ataques de hackers. Eles podem usar o mecanismo para aumentar seus lucros e ganhar indevidamente. Os recursos podem ser usados também para causar blackouts maciços, interferindo na estabilidade da rede.

A manipulação do mercado de energia já está na mira da entidade que regula o setor de energia nos Estados Unidos, que investigou 16 casos somente em 2018, finalizando 14 deles sem tomar nenhuma ação. O problema, no entanto, não tem fronteiras e, de acordo com a Wired, um caso recente, em maio desse ano, no Reino Unido, comprova a assertiva. Os hackers de lá acharam uma brecha no sistema de tecnologia da informação da Elexon, a plataforma usada para comercializar energia no Reino Unido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *