Conta de luz: portabilidade pode gerar R$ 12 bilhões de economia

Da Redação – 28.05.2018 –

Avaliação é da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel)

A abertura do setor elétrico para os cerca de 80 milhões de consumidores nacionais pode gerar uma economia de R$ 12 bilhões em pagamento de tarifa. Essa é a estimativa da Abraceel, considerando que a população em geral poderia usar os mesmos recursos do mercado livre, ou seja, escolher a concessionária de energia que o atenderia e não ficar preso ao chamado mercado cativo – quem fornece energia é a concessionária local, sem condições de escolha.

A medida está prevista na consulta pública 033 do Ministério de Minas e Energia e poderia ainda beneficiar 6 milhões de empresas no Brasil, “com um substancial aumento da competitividade do setor produtivo, com a consequente geração de empregos”, informa a associação. De acordo com a Abraceel, a reforma do setor elétrico pode criar 420 mil novos postos de trabalho. A entidade defende suas ideias num documento na forma de cartilha.

“Com a cartilha, é fácil perceber porque os congressistas devem dar prioridade à aprovação da reforma do setor elétrico, quando as propostas forem encaminhadas como projeto de lei”, afirma Reginaldo Medeiros, presidente da Abraceel. “A liberdade de escolha do fornecedor de energia está diretamente ligada à produtividade da economia e à sustentabilidade do setor elétrico”, complementa.

Formada por 92 empresas, o grupo da Abraceel responde por 95% do volume de energia negociado pelas comercializadoras. O mercado livre atualmente atende mais de 5 mil consumidores livres e especiais, que estão entre os maiores do país e é responsável por 77% do consumo industrial brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *