Dinamarqueses trazem tecnologias – e dinheiro – para combater perdas de água em concessionárias de saneamento no Brasil

Da Redação – 06.11.2017 –

Delegação do país europeu desembarca no país para discutir gestão e distribuição de água e encontrar projetos a serem financiados, segundo Ramboll, uma das empresas que fazem parte da comitiva nórdica

A partir de hoje – e até quinta-feira, dia 09  – uma delegação de empresas dinamarquesas que fazem parte do Danish Water Forum (DWF) estarão visitando o Brasil. Na bagagem elas trazem a expertise em projetos de gerenciamento de água, incluindo tecnologias de combate a perdas, mas também a intenção de identificar projetos para financiar. A vinda das companhias é apoiada pelo consulado da Dinamarca em São Paulo e tem a cooperação da Sabesp, a concessionária paulista de saneamento.

Os executivos dinamarqueses querem visitar empresas que têm programas de gestão da água, que podem ser facilitados com suas opções de financiamento. Segundo Eugenio Singer, presidente da Ramboll Brasil, uma das integrantes da comitiva, a visita é “uma ótima oportunidade para, como membros do DWF, conhecermos mais os projetos existentes no segmento de recursos hídricos e saneamento e identificarmos como podemos auxiliar as empresas a otimizarem os negócios”. A companhia traz seu especialista mundial em monitoramento e modelagem hidrogeológicas, Peter Thomsen.

Um destaque da comitiva é a experiência acumulada em combate a vazamentos em redes de distribuição de água. O foco das empresas é repassar as tecnologias de manejo das perdas (Leakage Management). Na avaliação dos especialistas dinamarqueses, o processo envolve a detecção dos vazamentos, manutenção preventiva, gestão por setor de abastecimento, controle de pressão no sistema, modelagem do sistema de distribuição e sistema de distribuição sob demanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *