Edital prevê 5G em todas as escolas em sedes municipais até 2029

Redação – 09.07.2021 – Dados do governo federal indicam que há pouco mais de 71,5 mil unidades em funcionamento e que seriam alvo de cobertura

O Brasil discute o acesso de internet nas escolas públicas. Não estamos falando de rede de quinta geração (5G), mas de internet básica. Se o assunto migrar para 5G já se sabe, pelo menos o tamanho do desafio. Dados do Ministério das Comunicações (MCom) mostram que há um plano para que a tecnologia chegue às escolas nas sedes municipais por volta de 2029. Seriam 71.542 unidades em funcionamento de ensino público.

Desse total, 48.321 estão nas cidades com mais de 30 mil habitantes e 23.221 estão em locais com menos de 30 mil. Outras 6.982 escolas estão estabelecidas em vilas, povoados, lugarejos, núcleos, projetos de assentamento ou aglomerados urbanos isolados. Essas localidades terão cobertura de internet 4G por força da obrigação prevista na minuta do Edital. Além delas, 10.797 unidades estão em municípios que receberão rede de transporte em fibra óptica.

Quando somados, os compromissos previstos na minuta do edital para implantação do 5G estabelecem a disponibilização de infraestrutura de conectividade para 89.321 escolas públicas de ensino básico. Junta-se a este volume a meta do Programa Amazônia Integrada e Sustentável (PAIS), que receberá recursos do Edital do 5G para viabilizar a implantação de infovias subfluviais. Serão atendidas 520 escolas públicas urbanas situadas nos municípios interligados pelas infovias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *