Eletronet, na Bahia, inaugura rede de fibra óptica até Goiás

Redação – 01.09.2021 – Rota de alta capacidade que atravessa o Brasil, interligando a região Centro-Oeste ao Nordeste, já está em funcionamento 

A Eletronet, fornecedora de serviços de telecom e rede de fibra óptica, anunciou a inauguração da rota expressa de alta capacidade que liga as cidades de Camaçari, no litoral da Bahia, à Serra da Mesa, em Goiás. O trecho permite atingir até 33,6 TB de capacidade e possui nove Pontos de Presença (POPs) distribuídos pelas estações localizadas em Camaçari/BA, Sapeaçu/BA, Nova Itarana/BA, Ibicoara/BA, Igaporã/BA, Bom Jesus da Lapa/BA, Correntina/BA, Teresina de Goiás/GO e Serra da Mesa/GO. 

A nova rota tem uma extensão de 1,3 mil quilômetros e utiliza tecnologia óptica coerente DWDM FlexGrid, que permite a implementação de serviços com diferentes capacidades e distâncias. Os equipamentos são da fabricante Ciena, com a utilização de transponders programáveis de 200 Gbps até 800 Gbps por canal, podendo atingir uma capacidade final de mais de 30 Tbps nessa rota. 

Eletronet na Bahia e Goiás otimiza acesso de ISPs

A tecnologia utilizada na nova rede permite que provedores de internet e operadoras tenham acesso a serviços de conectividade como transporte de dados e trânsito IP de alta qualidade para atender a nova demanda do mercado potencializada durante a pandemia. 

Além desses benefícios, o novo trecho da rede Eletronet entre Bahia e Goiás, possui como grande diferencial a possibilidade de ter uma rota direta, de grande extensão, sem regenerações, entre Salvador e Brasília. 

A segurança é outro ponto de destaque na ativação do novo trecho. A rota Camaçari-Serra da Mesa divide o anel 7 da rede Eletronet, o que significa beneficiar principalmente as regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste do país, que passam a ser favorecidas com serviços protegidos com redundância de rotas e atendimento com uma menor latência. 

A Eletronet também está trabalhando em um projeto de modernização de toda a infraestrutura da sua rede, que hoje conta com mais de 17 mil quilômetros de fibra óptica OPGW, 164 POPs que passam por 18 estados do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *