Em dois anos, empresas britânicas geraram R$12 bi em receitas no setor de óleo e gás

Da Redação – 14.03.2016 –

Atualmente, cerca de 200 empresas são responsáveis por essa produção. Dados foram divulgados durante o UK Energy Brasil 2016, que contou com Ministério de Minas e Energia e a Agência Nacional de Petróleo.

A Missão Diplomática Britânica brasileira e o UK Trade and Investment realizaram, no início desta semana, um evento reunindo players e especialistas do setor de petróleo e gás do Reino Unido e do Brasil para mostrar que cerca de 200 empresas britânicas de petróleo e gás estão em solo brasileiro, resultando em uma receita de R$ 12 bilhões nos últimos dois anos.

De acordo com a UK Trade and Investment, responsável por dar suporte às empresas do Reino Unido instaladas no exterior, os dados são resultados de um envolvimento integral entre os dois países, algo que iria além das parcerias comerciais.

Ainda segundo a entidade, projetos que visam o compartilhamento de conhecimento estão ganhando espaço, impulsionados pelo memorando de entendimento para cooperação no setor de energia – assinado por ambos em 2006. “O mercado de petróleo e gás é um dos mais relevantes na parceria entre o Reino Unido e o Brasil. Somos otimistas e acreditamos no crescimento desse setor por meio da inovação tecnológica, internacionalização e parceria entre as empresas”, disse Alex Ellis, embaixador britânico.

Previsão de investimentos

Indo ao encontro desse cenário está a Shell, que deve manter novos investimentos para ampliar a atuação da marca no Brasil. Uma das iniciativas é iniciar perfurações no Parque das Conchas, na Bacia de Campos, abrindo até oito novos poços. Com isso, a petroleira deve aumentar sua produção em até 27 mil barris por dia. “Apesar dos desafios da indústria, do preço do barril, o objetivo é continuar investindo no País, que tem reservas importantes”, disse André Araújo, presidente da companhia, que esteve no evento.

O secretário de Petróleo e Gás Natural do Ministério de Minas e Energia, Marco Antonio Almeida, a diretora executiva a Agência Nacional de Petróleo (ANP), Magda Chambriard, e o presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Jorge Camargo, também participaram do UK Energy Brazil 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *