Focada em comunicação óptica, Fibracem mantém atividade no PR e prevê ativação no ES

Redação – 05.05.2020 –

Empresa está na lista de empresas com atividades essenciais, com produção no Paraná e planta prevista para ser ativada no Espírito Santo

Fabricante de cabos, conjuntos de emenda óptica, racks e gabinetes para cabeamento, entre outros produtos, a Fibracem continua ativa na sua planta industrial em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, e na unidade de Linhares, no Espírito Santo. A planta capixaba também passou a ter linha de produção, expandindo suas atividades antes restritas à distribuição de produtos.

Para manter as unidades produzindo, a companhia brasileira adotou várias medidas, começando pela comunicação integrada nas duas plantas e nos centros de distribuição que opera no país. O processo foi feito em conjunto com ações internas focadas na saúde, incluindo a medição de temperatura, disponibilização de álcool gel em vários pontos e orientações sobre contato físico.

As iniciativas incluíram ainda a redução de linhas em operação, para diminuir despesas com energia, escalonamento de férias para as equipes e colocação dos funcionários do grupo de risco em licença remunerada para diminuir a quantidade de pessoas dentro da empresa. O home office foi outra ação, com o piloto iniciado pela área de marketing em função da facilidade que esse setor tem no assunto.

A Fibracem também limitou a entrada de parceiros e fornecedores, a não ser em casos urgentes e extremos, sob análise e prévia autorização. “Estamos utilizando esse período para realizar melhorias em processos que se tornavam difíceis na rotina agitada, revisando procedimentos, reestruturando equipes, desenvolvendo novos materiais para clientes que focando em canais digitais, incluindo o restart do app da Fibracem”, destaca a diretora executiva Carina Bitencourt.

De acordo com ela, o planejamento e a inauguração da nova fábrica no Espírito Santo seguem, porém agora com novos cuidados. “Assim que as alterações estiverem completas iremos iniciar as atividades, mantendo as medidas aplicadas atualmente para prevenção à Covid-19”, resume. “Não planejamos evento de inauguração para evitar aglomerações, mas assim que for seguro pretendemos apresentar a planta para imprensa e autoridades”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *