Hitachi ABB lança subestações digitais, com cabo de fibra óptica

Redação – 14.04.2021 –

A Hitachi ABB Power Grids lançou uma nova linha de subestações de energia, chamadas por ela de “Subestações Digitais Inteligentes”. Em suma, são estruturas que substituem os fios de cobre por cabos de fibra óptica e ampliam a capacidade de avaliações preventivas, entre outros avanços.

A empresa conceitua que as subestações são os pilares da rede elétrica, ajudando a transformar os níveis de tensão de alta para baixa, ou vice-versa, e a garantir e despachar o fluxo de energia. Elas desempenham um papel vital na transmissão e distribuição segura de eletricidade através da rede, desde o ponto de geração até o consumidor final. Por isso, a Hitachi ABB avalia que o mercado de subestações digitais deverá crescer a um CAGR de 7,1% nos próximos cinco anos, passando dos US$ 6,4 bilhões registrados em 2020 para US$ 9,1 bilhões em 2025.

No lançamento das Subestações Digitais Inteligentes da marca, algumas funcionalidades são as capacidades preditivas, prescritivas e prognósticas da solução Lumada Asset Performance Management (APM) da Hitachi. Os operadores também passam a ter mais dados sobre aspectos das instalações, desde a composição do isolamento de um disjuntor (uma bandeira vermelha para possíveis falhas catastróficas) até o uso de imagens de vídeo não estruturadas para ajudar a determinar a probabilidade de paradas não planejadas para equipamentos primários em toda a subestação.

“A Subestação Digital Inteligente também possibilita aumentar a confiabilidade, integrar novas formas de energia mais limpa e fornecer serviços de energia de forma mais inteligente e segura – necessidades para navegar na mudança em direção a uma geração de energia renovável mais distribuída e menos previsível”, conclui a companhia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *