IoT e sustentabilidade pautarão infraestrutura ainda em 2017

Da Redação – 17.10.2017 –
Em um seminário no Centro Universitário FEI em São Bernardo do Campo, na semana passada, o diretor nacional da empresa espanhola Acciona, Andre Clark Juliano, defendeu que o crescimento econômico depende de ações sustentáveis no setor da infraestrutura. Isso, na sua visão, abrirá espaço para profissionais em tecnologia, principalmente os ligados à internet das coisas.

O executivo reforça que a sociedade escolheu que os investimentos em infraestrutura têm de ser sustentáveis, sem degradar o meio ambiente e com retorno social, algo que, em especial, exige ética e transparência. “Será sim baseada em competição através da tecnologia”, disse.

Assim, ele defende que há ambiente propício para que a Internet das Coisas floresça, e ela será determinante em diversos aspectos econômicos, sociais e também no setor de infraestrutura sustentável. “A adoção das novas tecnologias abrirá espaço para novas oportunidades a profissionais especializados, em um contexto de aceleração da economia a partir do final de 2017”, acredita ele. “Para essa retomada, é essencial que o tripé representado por governo, empresariado e acadêmicos trabalhe junto, com o objetivo de levar o País a atingir a excelência em infraestrutura sustentável. O capital internacional também será primordial para este crescimento e o País já está atraindo esse investimento”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *