Mercado de fibra óptica cresce na América Latina

Da Redação – 06.07.2017 –

Região teve um incremento de 22% no número de assinantes que usam redes ópticas

A aplicação da fibra óptica até a casa dos usuários finais, tecnologia conhecida como FTTH, da sigla em inglês, pode viabilizar transmissões com capacidade de até 1 Gbps. Mais do que isso, essa infraestrutura vai causar mudanças fortes segundo Eduardo Jedruch, presidente da Associação Fiber Broadband LATAM Chapter. Na avaliação do executivo, o cenário é “sem precedentes para a FTTH”.

“Atravessamos um momento sem igual em termos de evolução tecnológica da FTTH. O 5G, C-RAN, SDN, NFV, Serviços de Nuvem, a IoT (Internet das Coisas) e as Cidades Inteligentes são tendências que estão se destacando na pauta dos provedores de serviços de telecomunicações e todos têm um denominador comum: a fibra óptica no acesso, como plataforma de convergência de rede”, resume Jedruch, que também é CCS Network Architect na CommScope.

A avaliação do especialista é a de que a América Latina deixou de ser um mercado com algumas implementações em massa para ser uma área na qual instalar fibra em residências e grandes edifícios está se tornando algo comum. O amadurecimento das redes passivas ópticas (PON) e a redução de custos facilitaram a adoção na região.

Em termos de adoção, a taxa de conexão representou por volta de 19,5% no final do ano passado na América Latina, além de mostrar um incremento no número de assinantes de 22%. A adoção de redes de fibra em residências, escritórios e edifícios foi impulsionada tanto por operadoras como pelos governos que, em alguns países como Chile, Argentina e Brasil, promoveram planos nacionais.

“As aplicações futuras irão requerer novos padrões de conectividade e a fibra óptica no acesso será o condutor para a transformação das redes de próxima geração. Da mesma maneira, as operadoras devem migrar para a fibra de maneira rápida e efetiva”, argumenta Jedruch.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *