Metaplas reforça “onda da qualificação” dos Provedores Regionais

Rodrigo Conceição Santos (Especial FTTH Meeting)– 16.11.2020 –

Com aposta em acessórios de qualidade para sustentação, atendimento e ancoragem de redes de telecom, empresa cresce mais de 30% ao ano e confirma que os ISPs estão cada vez mais exigentes.

Com metalúrgica própria em São Paulo, centros de distribuição no Nordeste e em Minas Gerais, a Metaplas tem atendimento nacional no fornecimento de acessórios para sustentação, atendimento e ancoragem de redes de telecomunicações. A maior parte do portfólio é dedicado a redes aéreas, onde atuam mais de 95% dos clientes, e os produtos são fabricados em aço carbono galvanizado a fogo, fazendo frente qualitativa aos concorrentes de plástico ou metais de menor qualidade.

Para Mauro de Araujo, da área de negócios da Metaplas, a qualidade dos produtos é a aposta competitiva da empresa, que avalia ser irreversível o avanço na profissionalização dos provedores regionais de telecomunicações. “Isso explica por que estamos nos associando a parceiros que também acreditam na melhor qualificação desse mercado, como o FTTH Meeting”, diz Araujo. Ele faz referência à exposição virtual que a empresa fez nesta semana durante o evento.

Segundo Araujo, esse mercado é cada vez mais exigente em termos de qualidade e isso ocorre à medida que passam a competir com as grandes operadoras. “Nesse status os ISPs precisam acompanhar os requisitos de qualidade, tanto para serem competitivos na prestação do serviço quanto para prepararem a empresa para uma futura fusão ou aquisição”, diz Araujo. “Avaliamos, portanto, que o viés de que o mercado de provedores é comoditizado e preocupado só com preços perde força consistentemente”, completa.

Quando o assunto é acessório de rede, a busca por preço em detrimento de qualidade faz ainda menos sentido, nas contas do especialista. Afinal, a constatação é de que esses produtos – onde estão incluídas as baps (braçadeiras ajustáveis para postes), os supas para ancoragem e sustentação de cabos, esticadores, olhais e outros – representam cerca de 5% do custo total de implantação e operação da infraestrutura. “Economizar nos acessórios de ancoragem e sustentação de rede é tão sem sentido quanto construir uma mansão e aplicar tubulações de baixa qualidade”, compara.

Foco nos Provedores
A Metaplas nasceu em 2016 e já focada no mercado de provedores, o que explica a percepção aprimorada que tem do setor. Os sócios são egressos de outras empresas de telecomunicações e usaram a experiência acumulada de mais de 30 anos para atender o que eles identificam como a “onda da qualificação” nos provedores regionais.

A estratégia é bem-sucedida até o momento, pois a Metaplas cresce acima desse mercado, cujos avanços já são expressivos ao variar entre 20% e 30% ao ano.

Hoje, mais da metade dos negócios da empresa é realizada com provedores regionais, ficando as grandes operadoras e os seus prestadores de serviços, além dos mais de dez distribuidores nacionais, responsáveis pelas outras partes do faturamento. “Considerando que os distribuidores atendem, em sua maioria, os provedores regionais, podemos pontuar que esse mercado tem representatividade ainda maior nos nossos negócios”, conclui Araujo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *