Metrô de Salvador usa câmera térmica para ajudar a identificar pessoas com Covid-19

Redação – 11.06.2020 –

Equipamento de tecnologia chinesa realiza a medição de temperatura de cerca de 113 mil pessoas por dia

O metrô de Salvador instalou seis câmeras térmicas dotadas de dispositivos que medem a temperatura de pessoas, em massa e com precisão (margem de erro de 0,3ºC grau). Os equipamentos funcionam desde o começo de junho nas estações de maior movimento do metrô de Salvador, como Lapa e Pirajá. O plano é expandir a iniciativa para outras estações  da cidade.

A tecnologia é da chinesa Dahua Technology e está sendo usada para auxiliar o combate ao coronavírus, pois a identificação de febre em passageiros (temperatura acima de 37,8°C) pode indicar infecção por Covid-19. A solução identifica a temperatura de inúmeros passageiros em tempo real por meio do uso de um sensor calibrado que realiza a checagem da temperatura, e envia a informação de maneira rápida e eficaz a um painel, gerando um alerta caso identifique algum indivíduo fora do padrão de temperatura.

Após a identificação de febre, as pessoas são encaminhadas à sala de primeiros socorros das estações, fazem o teste rápido para a detecção da Covid-19 e o teste de proteína C-reativa também conhecido como PCR, além de receberem as informações e o atendimento necessário.

“A iniciativa visa promover a segurança dos cidadãos de Salvador que precisam utilizar o metrô para se locomover. Com a medição de temperatura e aplicação de testes, conseguiremos reduzir o contágio por coronavírus no transporte público, uma vez que é difícil manter o distanciamento”, esclarece Eduardo Copello, diretor presidente da CTB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *