Mobilidade urbana depende de ônibus, que respondem por 47% de todo o transporte nas cidades

Redação – 30.10.2019 –

Os veículos são o principal modal no mundo e passam por várias transformações, segundo especialistas que participaram do Busworld Europe na semana passada

Apesar da ampliação das redes de metrô e da adoção de alternativas sustentáveis como bicicletas elétricas, os ônibus são o modal mais importante do transporte urbano no mundo, respondendo por 47% do volume de pessoas movimentadas. Os dados são da Busworld Europe, encerrada na semana passada em Bruxelas. De acordo com a Marcopolo, “o transporte sem poluição e seguro está muito próximo dos países da Europa e, também pode ser um sonho factível e nem tão longe dos países em desenvolvimento”.

O tom do evento, segundo a fabricante brasileira, não foram os novos modelos de ônibus, mas sim as novas tecnologias (e as vantagens oferecidas) para uma solução completa de mobilidade. “Cada um com a sua própria tecnologia de powertrain de eletrificação ou hibridização. Todos criaram empresas específicas e focadas na inovação ou se associaram com outras para não dependerem de nenhum fabricante de bateria ou motorização (unidade de potência ou gerador de força). E todos oferecem a melhor solução e o melhor produto”, informa a Marcopolo.

Na avaliação da companhia, as grandes empresas do setor apresentaram seus modelos 100% elétricos, híbridos, plug-in e recarregáveis em rede externa, mas os produtos foram apresentados como parte de um “pacote” muito maior e mais complexo que vai direcionar toda a mobilidade urbana do futuro. “O cliente não vai mais comprar ônibus apenas. Ele vai receber um pacote completo no qual o ônibus é apenas um dos diferentes componentes, ao lado de recursos como os de gestão da frota e tecnologias das baterias elétricas”, destaca a empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *