National Grid otimiza uso de sua infraestrutura de transmissão com tecnologia dos EUA

Redação – 28.11.2019 –

Executivos da National Grid visitam o Centro Global de Pesquisa e Desenvolvimento da Smart Wires, na Califórnia 

A National Grid quer descarbonizar sua rede no Reino Unido e para isso decidiu aumentar o volume de fonte renovável que movimenta através da infraestrutura de transmissão. A forma? Melhorando o uso da malha existente com o controle do fluxo de energia, especialidade da norte-americana Smart Wires. Segundo a companhia, o projeto começa em 2020, com cinco instalações e a previsão é que ele aumente os recursos de limite em 1,5 gigawatts no total.

“À medida que muda a geração e a demanda conectadas à rede, os fluxos de energia da rede mudam e os circuitos podem ficar carregados de forma desigual. Alguns circuitos atingem sua capacidade máxima, enquanto outros estão bem abaixo de seus limites”, explica a National Grid em nota oficial. Com a ativação de controladores de fluxo, a empresa pode reduzir rapidamente o congestionamento que limita a geração renovável, com impacto mínimo nas comunidades e no meio ambiente.

O sistema de controle de fluxo de energia da Smart Wires permite que as concessionárias aumentem a eficiência e a resiliência da infraestrutura atual. De acordo com a empresa norte-americana, a tecnologia é modular, rápida para instalar e fácil de mover.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *