No RS energia vem da produção de cerveja

Redação – 16.12.2019 –

Planta da Heineken recebe licença para usar vapor produzido a partir de biomassa e biogás como fonte de geração

A parceria entre a Heineken e a concessionária EDP acaba de viabilizar o uso do vapor produzido na planta da cervejeira para a geração de energia. A autorização foi concedida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) do Rio Grande do Sul na forma de licença prévia (LP). A LP reconhece a viabilidade de produção e fornecimento de vapor na planta de Igrejinha, cidade do interior gaúcho.

O documento autoriza o gerenciamento do vapor da cervejaria, que possui uma capacidade mensal de produção de aproximadamente 10.800 toneladas de vapor, a partir de biomassa e biogás. A entrega da licença foi feita na sexta-feira (13/12) entre representantes da empresa, o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, e a equipe da Fepam que participou do processo de licenciamento.

A implantação do projeto permitirá à Heineken, em parceria com a EDP, substituir a sua matriz energética de não renovável para renovável, tornando o processo produtivo mais sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *