Nomaco quer fazer história e aposentar juntas de preenchimento tradicionais em pavimentos de concreto

Da redação do Infraroi em Las Vegas – 19.01.2017 –
De acordo com a norte-americana Nomaco, sua nova junta de expansão para pavimentos de concreto, fabricada com espuma de polipropileno de célula fechada, deve causar uma disrupção no mercado que usa – há décadas – as placas impregnadas de concreto. A nova tecnologia já está sendo avaliada pela American Association of State Highway and Transportation Officials (AASHTO). As placas, com nome comercial de Nomaflex, já estão disponíveis a partir desse mês nos Estados Unidos.
De acordo com a companhia, a nova tecnologia deve ampliar a vida útil de obras, atuando como juntas de expansão em calçadas, ruas, rodovias de grande movimentação, pistas de aeroportos e outras obras de grande envergadura. De acordo com a Nomaco, cuja planta está localizada na Carolina do Norte, o desenvolvimento da Nomaflex deve resolver problemas comuns de instaladores, incluindo falhas de juntas selantes, dificuldade de aplicação em campo e outros desafios. O Nomaflex está sendo oferecido em 30 diferentes tipos de placas, com espessuras entre ½ e 1 polegada e larguras de 3 ½ a 8 polegadas.
Entre as vantagens do novo tipo de junta de expansão, a Nomaco lista a resistência à absorção de água e pesa 75% menos do que as tradicionais placas impregnadas com asfalto. A Nomaflex também seria resistente a acetona e outros químicos, sais, gás e petróleo e pode ser reciclada em função de ser fabricada com polipropileno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *