Operadoras têm R$ 600 mi para instalar em antenas na capital paulista

Redação – 01.04.2019 –  

Investimento engloba a instalação de 1,2 mil novas antenas, mas o problema é a legislação

As operadoras de telecomunicações teriam R$ 600 milhões somente para investir na ampliação da cobertura celular na capital paulista. O valor se refere à instalação de 1,2 mil novas antenas. O problema é que a câmara dos vereadores não avançou na aprovação da Lei das Antenas (Lei 751, de 2013). A notícia mais recente é o encontro do presidente da Anatel, Leonardo de Morais, com o presidente da câmara, Eduardo Tuma, e com os vereadores Claudinho de Souza, Adilson Amadeu e Paulo Reis. A informação é da Associação Brasileira de Internet (Abranet).

Além das novas antenas de celular, outros 700 pedidos de licenças apresentados anteriormente ainda sem deliberação pela prefeitura. Segundo a Anatel “a perspectiva abordada foi a da importância do alinhamento entre os diversos entes políticos para a ampliação da infraestrutura, com a consequente melhoria na qualidade e na cobertura dos serviços de telecomunicações”.

A Abranet destaca que a capital está há mais de dois anos sem emitir licença e “sofre com problemas de cobertura na telefonia móvel”. A proposta da Lei das Antenas ganhou um substitutivo há mais de um ano ainda aguarda para ser votada pelos vereadores. Em foco, a atualização da legislação vigente, que é de 2004.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *