Para 86% dos europeus, a cor do carro não combina com sua personalidade

Da Redação – 28.09.2017 –

Pesquisa da Nissan mostra que o trio preto, prata e cinza lideram nas escolhas, mas os tons vibrantes seriam os preferidos.

Os motoristas europeus estão no armário quando o assunto é a cor do veículo que compraram. Bom, vamos relativizar os dados do levantamento feito pela montadora Nissan: metade dos compradores não quer polêmica e, quando compra, escolhe as cores neutras, incluído o cinza, preto e o prata. É o equivalente à cor creme na decoração de casas. Por Europa, entendamos um conjunto de oito países – França, Itália, Espanha, Alemanha e o Reino Unido, com seus quatro países. Foram 5 mil respostas coletadas e o resultado é que as cores vibrantes como o laranja deveriam estar entre as mais pedidas, uma vez que representam a personalidade de pessoas otimistas, alegres e cheias de vida.

Pero, na prática a teoria é outra: a cor do carro de 86% dos participantes não combina com essa personalidade vibrante mostrada nas respostas. Mais do que isso, o levantamento indica que aproximadamente dois terços dos entrevistados escolheram cores tradicionais e conservadoras e, horror, 38% tem um carro cinza ou preto. Outras duas informações que confundem um pouco: mais da metade informou ter escolhido sua cor favorita e 53% afirmaram que a cor tem um impacto na escolha do modelo. Ops.

Com base na pesquisa, a Nissan criou um chatbot (aplicativo robô que conversa via mensagem de texto) no Facebook para ajudar consumidores a escolher a cor perfeita seu carro. A iniciativa acontece para atender o desejo enrustido dos potenciais compradores, principalmente porque há uma cartela de cores mais diversificada de carrocerias. E, é claro, a empresa vai lançar opções de personalização para mais modelos na Europa.

Com a descoberta de que aproximadamente um terço das pessoas que participaram da pesquisa deveria ter escolhido cores mais chamativas, a montadora resolveu consultar uma especialista no assunto. A escolhida é Karen Haller, autoridade na área da psicologia da cor e com mais de 20 anos de experiência na compreensão de como os compradores tomam decisões baseados em cores. Ativado via Facebook, o chatbot apresenta a cor do carro que mais combina com a personalidade do usuário.

Entre os dados já apurados desde que o robô virtual foi ativado está a informaão de que aproximadamente 22% dos consumidores do novo Micra, por exemplo, estão optando por personalizar seu carro, número acima das expectativas da Nissan. Boa parte das questões que permitiriam a criação do aplicativo estão relacionadas ao processo de quantificar a personalidade por meio da análise de comportamentos e preferências. “Esta técnica já é usada para indicar a personalidade primária de uma pessoa, incluindo os testes realizados durante processos de recrutamento e seleção”, informa a Nissan.

“Fatores sociais também fazem parte das escolhas. Por exemplo, em períodos de incertezas na economia, é comum as pessoas preferirem não arriscar e acabarem optando por uma paleta mais neutra, como preto, branco ou cinza”, avalia Karen. “Por isso, não é de surpreender que dois terços dos proprietários de veículos tenham escolhido tons mais conservadores”.

De acordo com ela, as escolhas no tocante à cor são baseadas, frequentemente, em aspirações. O preto é visto como uma cor aspiracional, sendo frequentemente associada a tecnologias de ponta e marcas inovadoras. Por isso, talvez não seja apenas uma questão de não querer arriscar. “Pelo contrário – pode ser que os consumidores estejam escolhendo uma cor que eles associam ao segmento premium”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *