Paraíba inicia projeto de modernização da saúde

Redação com BID – 01.12.2020 – 

Iniciativa conta com crédito de US$ 45,2 milhões do BID e vai reforçar gestão do estado na saúde, inclusive com a digitalização

O BID assinou com o governo da Paraíba o contrato de empréstimo para investimentos na modernização do sistema de saúde do estado, a fim de gerar mais eficiência e qualidade na alocação dos recursos. O projeto de modernização considera a tendência nacional de transição demográfica, com o envelhecimento da população. Isso leva ao número crescente de pacientes com doenças crônicas, fatores que, somados a necessidades de melhoria da gestão da saúde, aumentam os custos assistenciais.

Nesse sentido, o programa visa adequar o modelo de atenção, com a criação de um sistema integrado de saúde, reorientando os investimentos de acordo com as principais necessidades de saúde atuais e as prioridades sanitárias. A digitalização também é parte dos esforços: serão implantadas histórias clínicas informatizadas nas equipes de saúde da família e conectividade de pontos de atenção à saúde que prestam atendimento aos usuários do SUS no território do estado da Paraíba.

Para consolidar as redes integradas da atenção à saúde, serão investidos recursos na implantação de hospitais, aquisição de equipamentos, informatização da rede de saúde, e capacitação dos profissionais sob um novo modelo de gestão, entre outras ações, desde a atenção básica, até média e alta complexidade, visando a integração e melhoria da qualidade dos cuidados oferecidos.

Além disso, será realizado um programa de educação em saúde para a população, para ações de prevenção, e se espera descentralizar e interiorizar a assistência de saúde.

Segundo a especialista em saúde do BID e chefe de equipe do projeto, Catherine Moura, os investimentos vão permitir ao estado alcançar um novo patamar de qualidade e eficiência, transformando a atual gestão analógica do SUS em uma gestão digital. “A digitalização é fundamental para que os gestores possam tomar melhores decisões a partir de dados consistentes e tempestivos, e consequentemente criar as condições para que haja mais qualidade no gasto público e na entrega de serviços”, disse.

A Secretaria Estadual de Saúde terá a sua estrutura organizacional fortalecida e contará com um planejamento estratégico e novos processos e modelos de gestão. Será criada ainda uma política de incentivo para os trabalhadores da saúde, vinculada à ótima prestação de serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *