Paraíba testa maior obra de infraestrutura hídrica

Redação – 28.01.2021 –

Investimento no Canal Acauã-Araçagi está estimado em mais de R$ 1 bilhão e obra foi dividida em quatro lotes de construção 

A Secretaria da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente da Paraíba realizou os primeiros testes com água no Canal Acauã-Araçagi nessa terça-feira (26). Trata-se da obra definida como a maior em infraestrutura hídrica do estado pelo governo atual. O empreendimento está estimado em R$ 1 bilhão e 42 milhões, com recursos oriundos do estado e do governo federal nos dois primeiros lotes.

Os testes iniciais incluem os canais, sifões, arquedutos e demanda um tempo de aproximadamente 90 dias para percorrer toda a extensão do Lote 1, que é de 44,9 Km. Tecnicamente, o Canal Acauã-Araçagi objetiva promover o suprimento regular de água bruta aos municípios da planície costeira interior, no Agreste paraibano, das populações municipais desta região e dos projetos hidroagrícolas ali instalados.

A obra deve abastecer 38 municípios da região com água potável, em caráter regular e contínuo e durante o período seco, o suprimento de água, permitindo o atendimento de uma área de aproximadamente 16 mil hectares de terras irrigadas, desde o Açude Acauã até o Rio Camaratuba, beneficiando mais de 600 mil habitantes.

O projeto do Sistema Adutor da Vertentes Litorâneas da Paraíba Canal Acauã-Araçagi compreende 17 segmentos de canais abertos com seção trapezoidal, totalizando 130,44 km, intercalados por cinco trechos de sifões invertidos, construídos em tubos de aço, para ultrapassar vales de rios e córregos, sete aquedutos, galerias para travessias de ferrovia e rodovia. O sistema foi projetado para trabalhar totalmente por gravidade e transportar vazões que variam de 10 m³/s no trecho inicial a 2,5 m³/s no trecho final.

O projeto é dividido em três lotes de obras. O lote 01 está com um percentual de execução da ordem de 94,38%, onde foram feitos os testes e comissionamento a seco, em novembro de 2020; o lote 02 está com um percentual de execução da ordem 67,11% e o lote 03, que deverá ser licitado em 2021. Portanto, o lote 01 tem prazo até maio de 2021 e o lote 02 até dezembro de 2021, para conclusão. O lote 03, após licitação, terá prazo de execução de dois anos.

O Canal Acauã-Araçagi visa o aproveitamento de águas interiores e águas a serem transpostas pelo Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional – PISF, através do Eixo Leste, em implantação pelo Governo Federal. As águas transpostas pelo Projeto São Francisco já chegaram à Paraíba desde o mês de março de 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *