PPPs impulsionam adoção de LED em iluminação pública segundo Abilux

Redação – 28.07.2021 – De acordo com associação do setor, uma em cada cinco luminárias públicas já usa lâmpadas de LED no Brasil 

As parcerias público-privadas (PPPs) estão impulsionando a troca das lâmpadas tradicionais pela tecnologia LED em sistemas de iluminação pública. O processo tem acontecido nos grandes centros como o Rio de Janeiro como em cidades de regiões metropolitanas, caso de Santo André e São Caetano, em São Paulo. Nos três casos, a adoção do LED é uma realidade segundo a Associação Brasileira da Indústria da Iluminação (Abilux).

De acordo com a entidade, aproximadamente 3,8 milhões dos 19 milhões de pontos de iluminação pública no Brasil já possuem LED. Ou seja, cerca de 20% do total. Só a capital paulista já havia trocado mais de 270 mil pontos de luz por iluminação de LED até o mês de abril, o que representa 42% do parque municipal, conforme divulgou a prefeitura paulistana.

Ainda de acordo com a Abilux o Brasil tem grande capacidade instalada de indústrias que produzem luminárias LED, o que permitiria que todos os municípios migrassem para este tipo de equipamento nos próximos cinco anos.

Repensar o consumo de iluminação e os tipos de lâmpadas também faz parte do conceito de cidades inteligentes, que visa proporcionar melhor qualidade de vida aos cidadãos por meio da modernização dos espaços e serviços urbanos. Além das luzes de LED, outras tecnologias podem ajudar, como o investimento em equipamentos alimentados a energia solar e o acionamento de luzes por presença.

Para discutir o assunto, a Expolux, evento do setor, vai realizar uma palestra online com especialistas intitulada A Importância do LED na Iluminação Pública. A palestra, que acontece no dia 11 de agosto, às 17h, e terá a participação do engenheiro eletricista José Gimenes, formado pela FEI-SP e especializado em indústrias de produtos para iluminação pública, além de ter atuado em projetos de eficiência e gestão para municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *