Projeto de túnel de R$ 2,5 bilhões entre Santos e Guarujá ganha destaque

Redação – 02.03.2021 –

Foto: Edson Lopes Jr

O projeto de um túnel imerso entre Santos e Guarujá continua sendo apresentado como opção à construção de uma ponte para ligar as duas cidades. As iniciativas mais recentes envolvem a discussão do projeto pela União de Vereadores da Baixada Santista, que reúne políticos locais da região. A entidade visitou o estuário do Porto de Santos e teve acesso a detalhes do projeto para eliminar o gargalo de mobilidade urbana e promover o desenvolvimento da operação portuária. A discussão aconteceu na sexta-feira passada (26/2).

Segundo o consultor portuário Eduardo Lustoza, o túnel imerso atenderá mais de 40 mil pessoas por dia e reduzirá em 25 minutos o tempo de travessia. O trajeto entre as cidades passará a ser feito em menos de cinco minutos e desafoga as filas na balsa. Com a distância de apenas 1,7 km e localização estratégica, o túnel é também uma opção mais econômica e tem menor custo do que o projeto da ponte (R$ 2,5 bilhões do túnel, contra R$ 3,9 bilhões da ponte).

Já Betinho Andrade, presidente da União de Vereadores da Baixada Santista, o túnel imerso é a melhor alternativa para resolver um entrave centenário da região – a ligação seca entre santos e Guarujá. O vereador de Praia Grande liderou a comitiva que visitou um terminal de contêineres no estuário do Porto de Santos e teve acesso a informações detalhadas do projeto do túnel imerso.

“Diante do apresentado nesta visita, sob o aspecto técnico e de obra de engenharia fica comprovado que a melhor opção para a ligação seca é o projeto do túnel, principalmente, em relação ao desenvolvimento do porto nos próximos anos, pois não cria barreiras físicas no canal de navegação. Não podemos ignorar a expansão portuária, pois o desenvolvimento do Porto de Santos impacta diretamente a economia do país”, ponderou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *