Provedores regionais de internet são alvo de cibersegurança

Da Redação – 24.04.2018 –

Mercado potencial é visto pela brasileira Cianet a partir de estudos de mercado

O Brasil é o vice-campeão mundial em ataques na rede, com prejuízos anuais de US$ 22 bilhões segundo a consultoria IDC. Para a fabricante de soluções de rede Cianet, o problema pode ser a solução. Explicando: ela avalia que o mercado de provedores regionais de internet, as ISPs, podem ser um dos nichos mais atrativos para absorverem recursos que evitam ou minimizam os ataques.

Na avaliação da empresa, muitas vezes a tecnologia utilizada para os ataques do que as ações de proteção, razão pela qual orienta as ISPs a desenvolver sistemas de segurança que captem as ameaças. As demandas para os provedores regionais incluem o reforço dos sistemas de vigilância de rede, a automatização de processos de proteção, e a formação de uma forte equipe na área de TI que possa estudar, testar e analisar as ameaças que já existem e as que podem surgir.

“Com o mercado aquecido, com o grande foco no crescimento da malha de infraestrutura que hoje detém os provedores regionais e no crescimento do fornecimento de serviços de dados responsáveis por grande parte da receita deste segmento, sem dúvida que o problema de cibersegurança representa uma ameaça e uma oportunidade latente”, afirma Silvia Folster, CEO da Cianet.

De acordo com ela, o avanço da Internet das Coisas (IoT) também abre um leque de possibilidades e novos desafios para os ISPs. A conectividade entre usuários e objetos possibilitada por essa tecnologia gera um grande tráfego de dados, e ataques neste segmento já começaram a surgir. De acordo com a Gartner, as despesas mundiais na área de segurança para IoT devem ficar em torno de US$ 1,5 bilhão neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *