Rumo investe R$ 206 milhões em terminal ferroviário no Mato Grosso

Redação – 04.06.2019 –

Obras da instalação da concessionária em Rondonópolis envolvem expansão e melhorias

A Rumo considera seu terminal ferroviário em Rondonópolis como a principal infraestrutura logística do estado do Centro-Oeste. Agora, ela quer aumentar em 150% a capacidade da instalação, agregando mais 75 mil toneladas na capacidade de armazenagem. Em reais, o investimento é de R$ 206 milhões em novas estruturas no terminal: três tulhas extras, além da construção de uma nova linha ferroviária, possibilitando um aumento de 60% nas operações de carregamento de vagões, passando de 900 para 1.400 vagões por dia.

Além do aumento na capacidade estática e expedição, também estão previstas a construção de quatro novas moegas e cinco novas balanças rodoviárias que irão otimizar o fluxo de entrada e saída dos caminhões no terminal. As operações de recebimento serão ampliadas em 40%, permitindo receber mais de 2.000 caminhões por dia. Dois novos armazéns também serão construídos.

Obras vão gerar 200 empregos diretos e indiretos 

“A expansão e modernização do terminal deve-se tanto aos resultados positivos que a operação ferroviária vem registrando ao longo de nossa malha, como também às próprias melhorias que os produtores rurais estão alcançando, sempre demandando melhores níveis de serviço em toda a cadeia produtiva do agronegócio”, destaca Fabricio Degani, diretor de Portos e Terminais da Rumo. Segundo ele, as obras vão gerar mais de 200 empregos diretos e indiretos.

Somente no primeiro trimestre de 2019, a Rumo contabilizou um crescimento de 12,9% no volume de produtos agrícolas transportados entre Rondonópolis (MT) e o porto de Santos no comparativo com o mesmo período de 2018. Foram mais de 5 milhões de toneladas movimentadas, com destaque para a soja que representou 3,7 milhões deste total.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *