SC define investimentos de R$ 80 mi em saneamento

Da redação – 18.11.2016 –

Oito propostas foram recebidas pela Casan para instalação de sistema de esgotamento sanitário do Saco Grande

A concessionária estadual de saneamento de Santa Catarina deve definir, até fevereiro de 2017, a escolha da melhor proposta para o projeto de ampliação e pré-operação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) nos bairros Saco Grande, Monte Verde e João Paulo, além de conexão do sistema já existente em Santo Antônio, Sambaqui, Cacupé à estação de tratamento de esgotos Saco Grande. Com a ampliação, a unidade passa a operar com tratamento de 85 litros de esgotos por segundo.

O projeto está estimado em R$ 80 milhões e integra o Programa de Saneamento Ambiental do Estado de Santa Catarina, com recursos já liberados pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA). De acordo com o governo catarinense, suas empresas e seis consórcios participam do processo e foram habilitados na semana passada. São eles: os consórcios AGC-SG, Cosatel-Elevolution, KMG Melhor Forma, LFM-Cesbe, Telar-Gel e Trix-Infracon e as empresas Construtora Elevação e Itajui Engenharia de Obras.

Com a aprovação do processo nos próximos 90 dias, a gerência de Construção da Casan avança nessa concorrência internacional e abre a possibilidade de assinatura da ordem de serviço para início das obras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *