Pré-fabricados podem crescer 10 vezes

Da redação – 26.09.2016 –

Sistema construtivo é um dos quatro da área de pré-fabricados de concreto, segundo avaliação do consultor Gerson Ishikawa, da Associação Associação Brasileira da Construção Industrializada de Concreto (Abcic).

Foto: Reginaldo Ornelas
Foto: Reginaldo Ornelas

Na última quinta-feira, vários especialistas em concreto nacionais e estrangeiros reuniram-se em São Paulo durante o 7º Seminário Internacional Abcic – Inovação e Ousadia para Vencer os Atuais Desafios e Gerenciar o Futuro. Em relação ao futuro em si, Gerson Ishikawa, professor da UFPR e consultor da entidade, avaliou que as soluções completas para construção civil, um dos quatro sistemas de uso de pré-fabricados, têm um potencial para crescer 10 vezes mais do que a demanda atual.

Já o sistema que adota o pré-fabricado no Canteiro de obra, ou seja, de forma mais pontual, deve garantir uma fatia entre 2% e 5%. No caso de Patchwork, composição do sistema com diversas soluções, há “uma passividade do setor, ao deixar que suas vulnerabilidades sejam expostas por outros sistemas construtivos”, na avaliação do especialista. Já a verticalização – integração da construção e do sistema em uma mesma empresa – existiriam fatores influenciadores como a competitividade regional, a adoção de tecnologias, além de poder ser um arranjo temporário.

O arquiteto Paulo Campos, outro participante do encontro, destacou os dados recentes sobre redução no consumo de cimento pelo segmento de pré-fabricado. Para ele, isso significa que a inovação está permitindo produzir peças mais esbeltas e, consequentemente, com menor uso de insumo, sem perder qualidade e nem afetar a segurança estrutural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *