Tão fácil que até um adulto pode usar

Por Nelson Valêncio para o Portal IPNews (*)

Siemens PLM lança primeiro aplicativo para consumidor final, com conceitos já conhecidos por especialistas em CAD.

Pode acreditar: grandes ideias nasceram em simples guardanapos, quando esse recurso era o pedaço de papel mais próximo. Agora, a mesma flexibilidade migrou para o mundo digital com o lançamento do Catchbook, um aplicativo que transforma traços e desenhos simples em projetos 2D precisos. A ferramenta foi apresentada oficialmente ontem pela manhã pelo presidente e CEO da Siemens PLM, Chuck Grinstaff em Orlando, nos Estados Unidos.

catchbook-siemens-plm-desenhoA novidade faz parte da quadragésima edição do Siemens PLM Connection 2016, evento com aproximadamente 2 mil participantes de 30 países. O encontro, que também reúne 73 parceiros da empresa alemã, e acontece até essa quinta na Flórida. Sessenta por cento do público é formado por clientes ou usuários das plataformas da empresa.

Com o Catchbook, a Siemens PLM deixa o ambiente de softwares mais complexo como o CAD e amplia seu público, incluindo consumidores finais, desde crianças que devem usar o aplicativo tanto para lazer como para estudo, como outros profissionais, caso dos designers de interiores, que podem lançar mão do software para mostrar seus projetos a potenciais clientes.

Os projetistas especializados em CAD, por sua vez, podem utilizar o Catchbook primeiro para interagir com outros profissionais que não conhecem o programa. Ou entender melhor o que seus clientes desejam, vendo um esquema gráfico ganhar mais precisão na tela do dispositivo móvel com ajuda dos recursos de 2D do novo aplicativo.

Embora tenha menu e comandos, a ideia do Catchbook é o de ser o mais amigável possível, fazendo uma ponte entre a captura de uma ideia e seu projeto em si. Apesar da simplificação, a Siemens PLM defende que o funcionamento do aplicativo emprega tecnologias sofisticadas desenvolvidas pela empresa alemã na área de CAD. O software D-Cubed, por exemplo, está por trás como base dos recursos de 2D do Catchbook.

Para Grindstaff, o aplicativo é tão fácil de operar que “pode até mesmo ser usado por um adulto”. A brincadeira tem um fundo de verdade, segundo ele. Entre as características do programa está a interface intuitiva, a qual permite que o usuário desenhe o que quiser na tela do dispositivo móvel usando o dedo ou uma caneta digital. Os desenhos, por sua vez, podem ser editados, com a inclusão de imagens e outros recursos.

Os rascunhos ou desenhos podem ser compartilhados diretamente via redes sociais ou enviados como imagens para outras pessoas. A assinatura anual máxima é de aproximadamente seis dólares, incluindo as funcionalidades de desenho e edição. O aplicativo funciona tanto em sistemas operacionais Android, iOS e Windows.

(*) O jornalista Nelson Valêncio viajou a Orlando a convite da Siemens PLM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *