Tecnologia reduz em 30% custo de ligação entre placas pré-moldadas de concreto

Da Redação – 30.08.2016 – 

Criada pela japonesa Splice Sleeve, técnica foi apresentada no Concrete Show South America, realizado em São Paulo na semana passada, e pode ser aplicada em obras de infraestrutura como viadutos e pontes.

As construtoras que trabalham com placas pré-moldadas de concreto em suas obras têm uma nova solução para realizar as ligações entre os materiais. A emenda pode ser feita pelo método criado pela japonesa Splice Sleeve. Tecnicamente, ele substitui as soldagens das ferragens entre os pilares e fundações. Com as luvas metálicas (splice sleeve) grauteadas, as placas são emendadas, transformando-se em pilares contínuos. Segundo a empresa japonesa, o uso da técnica alternativa reduz os volumes de escavação e concreto das fundações, gerando economia de até 30%.

Segundo Eder Miyamura, proprietário da True Conect, escritório que representa a marca Splice Sleeve no Brasil, a metodologia também diminui o período de conclusão da obra, uma vez que a substituição das soldagens convencionais reduz o tempo de montagem das fundações em 50%. “Os ganhos de prazo e economia de materiais proporcionados pelo sistema reduzem o custo geral da obra”, conta.

Indicada para aplicações em galpões, edifícios de diversos tamanhos, estruturas industriais e obras de infraestrutura, como pontes e viadutos, o Splice Sleeve já é certificado nos Estados Unidos e no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *