Telefonia em nuvem é a nova aposta para aumentar mobilidade e reduzir custos, segundo especialista

Redação – 17.01.2020 –

Ganhos incluem a flexibilidade no gerenciamento das ligações e favorecem a implementação do home office.

Saem os equipamentos físicos e entra a nuvem. Essa é a tendência para reduzir custos de telefonia e aumentar a mobilidade dos profissionais. A tecnologia envolve a migração do PABX para a nuvem, usando os recursos da internet com soluções de voz sobre IP (VoIP). O único investimento, segundo os especialistas da Net2Phone, é a aquisição de telefones IP, os únicos dispositivos físicos da nova rede (para as empresas).

“Trabalhávamos há algum tempo com algumas operadoras, em que não tínhamos nenhum tipo de negociação que nos permitisse auxiliar o cliente de alguma forma”, explica Ismael Germano, sócio da Germatel. A empresa é um dos exemplos de novos usuários da telefonia na nuvem. De acordo com ele, além da redução de custos, a solução permite a oferta personalizada de serviços aos clientes da companhia.

Kelli Domingos, da Arsec Desumidificadores, é outra adepta da telefonia em nuvem. De acordo com ela, a companhia tinha “um alto custo em nossa telefonia e um atendimento muito aquém do que deveria ser fornecido”. Além da oferta tradicional não ser muito flexível, a Arsec tinha que conviver com linhas analógicas num mundo cada vez mais digital.

O ganho em mobilidade pode ser ilustrado pela Vigilantes do Peso. Paulo Torres, coordenador de Relacionamento com Clientes da empresa, destaca que os profissionais que trabalham em casa ou estão fora do escritório podem facilmente espelhar o seu ramal de mesa e/ou instalar um aplicativo no celular para receber e atender às chamadas. “Com o aplicativo de celular podemos ter todas as funcionalidades do ramal na palma da mão”, detalha.

Na avaliação da Net2Phone, os ganhos incluem a flexibilidade no gerenciamento das ligações. Isso seria particularmente importante para as empresas que tem implementado o home office.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *