Telefonia fixa continua em queda

Da Redação – 27.11.2017 –

Dados da Anatel indicam desativação de 1,14 milhão de linhas fixas em 12 meses

O avanço da comunicação móvel não poupa a telefonia fixa que apresentou uma retração de 1,14 milhão de linhas entre setembro do ano passado e setembro de 2017. Os dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostram que o Brasil registrou 41.106.021 linhas fixas em setembro desse ano, uma diminuição de 2,69% em relação à base registrada em 2016. A queda nas concessionárias de telefonia fixa – as operadoras – foi de 1.056.716 linhas (-4,23%), enquanto as autorizadas – que tem a oferta de linha fixa, mas não as obrigações das operadoras – perderam 78.442 acessos (-0,46%) no período.

O outro lado da moeda evitou que as perdas fossem maiores. É o caso da TIM, que apresentou um incremento de 199.651 novas linhas (+38,57%), liderando o crescimento do setor nos últimos 12 meses. Já a Algar Telecom, somou mais 70.283 novas linhas (+28,55%). A Oi fecha o ciclo virtuoso, com 15.279 novos acessos (+9,68%).

Entre os estados, o maior crescimento no número de linhas das autorizadas foi em Santa Catarina com 47.098 novas linhas (+6,91%) nos últimos doze meses e a maior redução foi em São Paulo com menos 80.995 (-1,38%). Em relação às concessionárias, todos os estados apresentaram queda neste período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *