Terminal de contêineres de Santos terá investimento de R$ 100 milhões

Redação – 28.04.2020 –

Iniciativa da Santos Brasil envolve aprofundamento do cais, terá duração de 15 meses e faz parte de ciclo de investimentos de R$ 1,5 bilhão

A prestadora de serviços portuários e logísticos vai investir R$ 100 milhões no aprofundamento do cais do terminal de contêineres do Porto de Santos (Tecon Santos), do qual é operadora. O empreendimento envolve a instalação e reforço de estrutura para a instalação de trilhos para os novos portêineres (guindastes de cais) e deve durar 15 meses com, com previsão de envolve 185 profissionais diretamente.

Segundo a Santos Brasil, a obra é mais uma etapa do projeto de modernização e ampliação do terminal e será realizada ao longo de 1.090 metros do cais de atracação (dos berços 1 e 2 do Tecon Santos e do TEV – Terminal de Veículos). A intervenção deve aumentar a profundidade máxima do cais para 16 metros. Atualmente, o berço 3 do Tecon já conta com 16 metros de profundidade.

Outro objetivo é reforçar a estrutura do cais para receber trilhos para os novos portêineres de última geração que fazem parte do projeto de modernização do terminal. Os dois primeiros portêineres – de um total de oito – já chegaram ao Tecon e entraram em operação no dia 3 de abril.

Construtora Piancetini é responsável pela obra 

A nova obra, para a qual foi contratada a construtora Piacentini do Brasil, será realizada paralelamente à outra já em andamento no terminal, cujos investimentos somam R$ 150 milhões e que amplia a extensão do cais acostável dos atuais 1.290 metros para 1.510 metros.

Com a conclusão das duas frentes de trabalho, prevista para meados de 2021, toda a extensão do cais de atracação do Tecon Santos e do TEV terá profundidade máxima de 16 metros.

O investimento total previsto no projeto de ampliação e modernização do Tecon Santos é de R$ 1,5 bilhão em valores atualizados. Aumenta a produtividade operacional, a eficiência energética, a velocidade e o fluxo da operação e amplia em ao menos 20% a capacidade de movimentação do terminal, de 2 milhões de TEU (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) para 2,4 milhões de TEU/ano. A ampliação permite ainda o atendimento de maneira eficiente da demanda prevista para o porto, com a chegada dos novos navios New Panamax.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *