Unesp vai migrar para mercado livre de energia

Da Redação – 07.05.2018 –

Universidade vai escolher empresa de consultoria e gestão com a meta de reduzir seus gastos em 20%

A Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, mais conhecida como Unesp, vai ser a primeira das três grandes entidades do estado (forma a tríade com USP e Unicamp) a entrar no mercado livre de energia. A meta é reduzir em um quinto o seu custo nessa área, o que equivaleria a cerca de R$ 5 milhões anuais.

O processo vai envolver um pregão eletrônico, que pode ser consultado no site da Bolsa Eletrônica de Compras do Governo do Estado de São Paulo, cuja previsão é dia 15 desse mês. A empresa contratada terá como missão realizar a migração das 42 unidades consumidoras da Universidade para o mercado livre de energia, que equivalem as 34 unidades universitárias presentes em 24 cidades do estado de São Paulo.

O pregão é resultado de uma parceria entre a Universidade e a Secretaria de Energia e Mineração que está dando todo o suporte técnico ao projeto. “Estamos trabalhando para fazer uma gestão enxuta, diminuindo custos e melhorando a eficiência das nossas estruturas”, disse o reitor da Unesp, Sandro Roberto Valentini.

Mantida pelo governo do estado de São Paulo, a Unesp foi criada em 1976, a partir de institutos isolados de ensino superior que existiam em várias regiões.  A instituição conta com aproximadamente 57 mil alunos, sendo 38 mil de graduação e 14 mil de pós-graduação, além de alunos do Núcleo de Educação a Distância, Ensino Técnico e Ensino Médio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *