Universidade em Sorocaba cria campus com conexão 5G

Redação – 07.04.2021 –

Projeto tem a Claro e a Embratel como fornecedoras de conectividade e a Ericsson como implantadora da rede de ultra velocidade.

O Centro Universitário Facens, em São Paulo, está implantando um campus conectado com 5G Sorocaba, no interior de São Paulo. O projeto tem a participação da Claro, Embratel e Ericsson e deve permitir que empresas, startups e a academia possam conhecer, testar, prototipar e escalar seus produtos e serviços para diversos segmentos utilizando uma rede 5G dedicada.

O 5G da Claro instalado na Facens pela Ericsson e pela operadora também poderá ser utilizado por alunos do centro universitário para maximização de suas atividades acadêmicas. “Este é um passo muito importante para a Facens, para a região e todo setor industrial e tecnológico. Embora o 5G vá iniciar em nosso laboratório de automação 4.0, nossa ideia é expandir para pesquisas e projetos dentro de todo o campus, principalmente no Smart Campus Facens. O 5G irá transformar a indústria e a sociedade e, sermos um dos pioneiros nesta virada tecnológica, é algo que nos permitirá avançar e estar à frente no âmbito acadêmico e de desenvolvimento”, diz Paulo Roberto de Carvalho, reitor do Centro Universitário Facens.

A Embratel, desenvolverá soluções digitais e atuará na integração de tecnologias para disponibilizar ao mercado corporativo ofertas para segmentos como Indústria 4.0, cidades inteligentes, automotivo e outros. Criando um ecossistema no qual novos parceiros, incluindo startups e grandes empresas, também poderão estar embarcados, Embratel, Ericsson e Facens buscarão produzir uma série de casos concretos de uso da tecnologia 5G em diferentes aplicações, em um ambiente de cocriação.

“Buscamos criar dentro do 5G Smart Campus Facens um ambiente de desenvolvimento de inovações para fornecer ao mercado aplicações que irão transformar a maneira como as cidades são gerenciadas e como as indústrias evoluem, por exemplo, na nova economia digital”, diz Adriano Rosa, diretor executivo da Embratel.

O beOn Claro, hub de inovação da Claro e da Embratel, faz parte da implementação do ecossistema de 5G no Campus Conectado e da cocriação de soluções que serão disponibilizadas em conjunto com a Embratel e demais parceiros. “O beOn busca reunir empresas, startups e academia para criar juntos as inovações que irão conectar negócios e pessoas para um mundo mais divertido e produtivo. Com o projeto 5G Smart Campus Facens, vamos potencializar o uso do 5G em aplicações e modelos de negócios inovadores, fornecendo uma experiência única para as pessoas”, diz Rodrigo Duclos, diretor de Inovação da Claro e Fundador do beOn Claro.

Entre as aplicações que serão desenvolvidas e testadas no 5G Smart Campus Facens, estão algumas no segmento IoT, como leitura e monitoramento de sensores, acionamento remoto de dispositivos baseado na informação dos sensores, aplicações multimídia e controle de robôs e máquinas de forma remota. “Nosso posicionamento no IoT vai muito além da conectividade. Somos um provedor de soluções para diversas verticais e, com o 5G, podemos ir além e destravar aplicações que antes não eram possíveis” diz o diretor de IoT da Claro, Eduardo Polidoro.

As aplicações 5G dedicadas a segmentos de missão crítica irão expandir o mercado celular de IoT industrial, fornecendo novos recursos, como alta confiabilidade e soluções de rede dedicadas. “As redes LTE dedicadas já podem servir a muitos casos de uso que demandam conectividade, ao mesmo tempo em que apresentam um roadmap para 5G que trará funcionalidades adicionais e otimizações, como baixa latência ultra confiável, de milissegundos e alta disponibilidade”, ressalta André Sarcinelli, diretor executivo de engenharia da Claro.

Para Tiago Machado, vice-presidente de negócios da Ericsson, o 5G é a plataforma de inovação mais importante da próxima década, sendo parte da infraestrutura crítica nacional. “E com o 5G Smart Campus Facens que estamos anunciando hoje, poderemos dar um passo importante para tangibilizar todo esse potencial, demonstrando por meio de casos reais, o que a tecnologia 5G permite hoje e que, em breve, estará disponível em todo o país”, diz.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *