Usina solar recebe equipamentos e toma forma em Marabá (PA)

Redação – 06.10.2020 –

A usina solar da Athon Energia, em construção na cidade de Marabá (PA), está recebendo os trackers bilinha fornecidos pela STI Norland. Os equipamentos funcionarão com um conjunto self-power para que sejam autoalimentados por um único painel, responsável por carregar a bateria que movimenta 120 módulos de painéis fotovoltaicos.

A Athon Energia foi capitalizada por um renomado grupo de investidores e é dona do empreendimento, que está recebendo quase R$ 23 milhões em investimentos e será capaz de gerar cerca de 11.000 MWh por ano.

“Este é um dos grandes projetos em que a STI Norland Brasil está envolvida atualmente. Estamos não somente fornecendo os trackers solares, mas também realizando a montagem dos equipamentos. Temos observado como a energia solar vem crescendo significativamente no Brasil e está se tornando protagonista das fontes de energia limpa, principalmente pelo seu ótimo custo-benefício”, diz Javier Reclusa, CEO da STI Norland Brasil.
No Brasil, a STI Norland se posiciona como a única empresa do setor que atende tanto a geração distribuída quanto a centralizada. Na geração distribuída, a empresa contabiliza ser a maior fornecedora de rastreadores solares, responsável por 90% da participação de mercado. Em projetos de energia centralizada, a empresa detém 39% do mercado.

Em Marabá, a STI Norland está fornecendo tanto os trackers bilinha, modelo STI-H250, quanto o serviço de montagem. Nessa solução, segundo a empresa, a TCU – que é como o cérebro do tracker – armazena as configurações e realiza o gerenciamento das posições para o maior ganho de energia. Com um motor simples e robusto, acoplado a caixa redutora, a TCU faz essa comunicação para que o tracker mova facilmente o conjunto mecânico, onde os painéis são fixados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *