Votorantim Cimentos tem nova sócia na América do Norte

Redação – 11.12.2020 –

A canadense St Marys Cement, subsidiária integral da Votorantim Cimentos, e a McInnis Cement começaram a combinar ativos para criar uma companhia para fabricar, distribuir e vender cimento no Canadá e nos Estados Unidos. A joint venture será formada pela Votorantim Cimentos Internacional (VCI), plataforma de investimentos internacionais e subsidiária integral da Votorantim Cimentos, sexta maior produtora de cimento do mundo, e pela Caisse de dépôt et placement du Québec (CDPQ), investidor institucional de longo prazo, por meio de sua participação na McInnis Holding Limited Partnership (McInnis Holding).

A combinação de negócios entre St. Marys Cement (Canada) e McInnis Cement deverá fortalecer o posicionamento estratégico das operações por meio do aumento da capacidade de produção de cimento, das eficiências operacionais e da ampliação da rede de distribuição.

A Votorantim Cimentos Internacional terá 83% de participação acionária e a CDPQ ficará com 17% das ações da joint venture. As duas partes irão transferir seus ativos na América do Norte para a entidade combinada.

Os ativos da Votorantim Cimentos na América do Norte incluem fábricas de cimento em Bowmanville e em St. Marys, no Canadá, em Detroit e Charlevoix (Michigan) e em Dixon (Illinois), nos Estados Unidos, juntamente com uma rede de distribuição concentrada na região dos Grandes Lagos.

Os ativos da McInnis Cement incluem a fábrica de Port-Daniel-Gascons com todos os seus terminais localizados nas províncias de Quebec, Ontário, New Brunswick e Nova Scotia, no Canadá, e na região Nordeste dos Estados Unidos, bem como suas operações marítimas.

“A criação dessa entidade combinada nos permite uma parceria com um player de classe mundial, com presença consolidada e histórico de rentabilidade para operar a fábrica da McInnis Cement em Port-Daniel-Gascons, uma das instalações mais modernas e ambientalmente eficientes da América do Norte. Essa parceria permitirá que a fábrica da Port-Daniel-Gascons se beneficie da expertise em produção, distribuição e operação da Votorantim Cimentos para desenvolver importantes mercados, principalmente no Leste do Canadá, na região dos Grandes Lagos e na Costa Nordeste dos Estados Unidos”, disse Kim Thomassin, vice-presidente executivo e head de investimentos em Quebec da CDPQ.

“Essa transação está alinhada à estratégia de gestão de portfólio da Votorantim Cimentos, priorizando investimentos nos mercados em que já atuamos e possibilitando a expansão geográfica em localidades com perspectivas de crescimento atraentes. A fábrica e a rede de distribuição de última geração da McInnis Cement permitem um posicionamento de custo eficiente em uma região atrativa, com acesso a novos mercados e muitas oportunidades para nós”, disse Marcelo Castelli, CEO Global da Votorantim Cimentos.

“Estamos entusiasmados com as perspectivas da Votorantim Cimentos na América do Norte por meio dessa nova joint venture, e recebemos com grande satisfação a parceria com a CDPQ, um investidor de renome que compartilha nossa abordagem de investimentos de longo prazo e nosso compromisso com a sustentabilidade e as melhores práticas de negócios”, afirmou João Schmidt, presidente da Votorantim S.A., acionista controlador da Votorantim Cimentos.

Com uma demanda crescente por parte do setor de infraestrutura em toda América do Norte e uma ênfase em novos projetos de grande porte para impulsionar a recuperação econômica, as perspectivas para o mercado de cimento permanecem positivas. A McInnis Cement possui uma fábrica de cimento com capacidade de produção de 2,2 milhões de toneladas/ano localizada em Port-Daniel-Gascons, município da província de Quebec, no Canadá, construída para abastecer os mercados nos Grandes Lagos, no Leste do Canadá e no Nordeste dos Estados Unidos, que complementa a presença da St. Marys Cement na região. A McInnis Cement também construiu um terminal marítimo de águas profundas, adjacente à fábrica, e opera três embarcações marítimas e uma rede de distribuição composta por dez terminais (marítimos, ferroviários e rodoviários) estrategicamente localizados nos EUA e no Canadá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *