Votorantim investe em startups na área de mineração e energia

Da redação – 23.11.2016 –  

Programa Mining Lab, lançado nessa semana, tem como foco soluções de energias renováveis e nanotecnologia aplicada em mineração.

A Votorantim Metais, divisão que cuida dos negócios de mineração e metalurgia do conhecido grupo brasileiro, vai selecionar 20 startups que tenham projetos na área de energias renováveis e de nanotecnologia. Em ambos os casos, é necessário que as iniciativas tenham ligação com os negócios principais da corporação. Chamado de Mining Lab, o projeto tem o apoio da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemig), que atuará na captação das startups e no acompanhamento e avaliação das atividades.

“Queremos ter startups como parceiras no desenvolvimento de tecnologia de ponta aplicada à indústria de mineração e metalurgia. Vamos dar a esses empreendedores um desafio e o apoio necessário para superá-lo, aplicando seu produto ou processo”, diz Rodrigo Gomes, gerente de Tecnologia da Votorantim Metais. Ele adianta que as 20 empresas escolhidas passarão por uma imersão na companhia e dez delas serão escolhidas para avançar com seus projetos. Nesse último caso, podem tornar-se parceiros ou receber investimentos do grupo.

De acordo com Gomes, na área de energia os alvos são startups que possam desenvolver tecnologias para substituir as matrizes energéticas tradicionais da mineração (combustíveis fósseis e eletricidade, por exemplo) por alternativas mais econômicas e que apresentem ganhos ambientais. Nesse rol estariam biomassa, biogás, energia solar, óleos menos poluentes e renováveis, sistemas de ar comprimido e de bombeamento mais eficientes, ou até mesmo novas fontes ainda não mapeadas.

No ramo de nanotecnologia, a busca é por empresas capazes de desenvolver soluções que utilizem essa tecnologia em aplicações como recuperação de partículas durante os processos de flotação e hidrometalúrgicos, soluções em corrosão, aplicações de óxidos dos metais, tratamento e recuperação de efluentes e desenvolvimento de novos produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *