Telefônica e Nokia ativam rede privada em mineradora

Redação – 17.09.2019 –

As duas empresas vão instalar uma rede LTE privada na nona maior mina de cobre do mundo.

A Mineradora Las Bambas, produtora peruana de cobre, vai entrar na era da Indústria 4.0 pelas mãos consorciadas da fabricante de equipamentos Nokia e da Telefonica Peru. As duas serão responsáveis pela criação de uma rede LTE privada que viabiliza a digitalização e a automação de atividades na empresa latina.

O projeto está sendo instalado na mina de Apurimac e prevê a construção e instalação de uma rede LTE privada a 4,6 mil metros do nível do mar e, posteriormente, a migração dos serviços aplicados à mina para a nova rede integrada. O contrato inclui o planejamento de capacidade da planta e suporte técnico pelos próximos cinco anos.

Como parte do acordo, a Nokia irá implementar sua rede de acesso via rádio LTE, incluindo estações-base, suporte técnico e treinamentos para possibilitar uma comunicação mais confiável entre máquinas e pessoas. Segundo ela, a nova rede vai melhorar o serviço sem fio existente, permitindo a Mineradora Las Bambas trabalhar soluções adicionais de segurança e reduzir os custos operacionais de seu sistema Tetra de comunicação.

A medida que a rede evoluir rumo ao 5G, a mina de Las Bambas também vai se beneficiar de tecnologias push-to-talk e push-to-video.

A Nokia já é certificada por vários fabricantes de dispositivos de automação como Komatsu e Sandvik e foi pioneira na instalação de redes sem fio ao redor do mundo, com mais de 80 grandes empresas utilizando tecnologia de rede LTE, e alavancando um portfólio de soluções sem fio de ponta a ponta pensadas sob medida para atender as necessidades críticas de mercado, negócios e conectividade para seus clientes.

“Esse é um importante marco para a Mineradora Las Bambas a medida que proporciona uma série de novas soluções de tecnologia em automação para aumentar a produtividade em nossa operação assim como suportar a mais avançada automação para melhorar a segurança no trabalho”, explicou Miguel Canz, Gerente Regional de Tecnologia da Mineradora Las Bambas.

Já Dennis Fernández, vice presidente de B2B da Telefónica Peru avalia que a solução de conectividade de ponta a ponta para a operação da Las Bambas possibilita que a empresa foque no seu core business da empresa, que é mineração, e não em conectividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *