Aeroporto Internacional de BH inicia operação de final de ano

Da Redação – 14.12.2015

Expectativa de aumento de passageiros é de 2,9% em relação ao mesmo período de 2014. Concessionária finalizou obras na área de embarque do Terminal 1 e continua com obras no Terminal 2.

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, inicia sua Operação Fim de Ano na quinta-feira passada. A empresa estima um aumento de 2,9% na movimentação de passageiros entre os dias 18 de dezembro de 2015 e 4 de janeiro de 2016, em relação ao mesmo período de 2014. Em números, o incremento significa um total de 612,9 mil passageiros nesse intervalo, entre voos doméstico e internacional, ou o equivalente a 17 mil passageiros a mais no período.

A principal mudança para os passageiros neste final de ano é a conclusão das obras de adequação da sala de embarque do Terminal 1, que ampliou o número de equipamentos de raios-X para inspeção de bagagens de mão, de sete para doze. O projeto de reconfiguração também incluiu mais um acesso ao embarque doméstico, o que irá facilitar o fluxo de passageiros.

As obras também remodelaram a antiga área de desembarque internacional, localizada no piso inferior da sala de embarque, que passará, antes do Natal, a ser destinada ao embarque remoto, com novos banheiros, fraldário e livraria e café para os passageiros. A obra foi iniciada em setembro deste ano, logo após a transferência dos embarques e desembarques internacionais do Aeroporto para o Terminal 3 para atender ao aumento da movimentação de passageiros que acontece no final de ano.

Em outubro último, a BH Airport já tinha inaugurado a nova estrutura do Airport Operations Center (APOC), para garantir maior qualidade ao gerenciamento das operações do aeroporto. Entre outras atividades, cabe ao Centro de Operações a aprovação de voos com o sistema de transporte aéreo, a operação de todos os movimentos de tráfego aéreo (pousos e decolagens), a alocação de recursos aeroportuários (balcões de check-in, raios X, pontes de embarque, posição de aeronaves no pátio, esteiras de restituição de bagagens, entre outros) e estatísticas operacionais.

Outra mudança mais recente foi a interdição – desde o dia 08 desse mês – de uma das vias de acesso ao embarque e desembarque do Terminal 1. A iniciativa acontece para que as obras do Terminal 2 possam avançar. De acordo com a concessionária, a medida tem como objetivo garantir mais segurança aos passageiros e organizar o fluxo de veículos durante a construção do edifício. O trajeto até o Aeroporto, no sentido Belo Horizonte – Confins, continua sendo feito normalmente pela LMG 800 até o trevo da entrada para os Terminais.

As interdições ocorreram nas vias secundárias de acesso às áreas de embarque e desembarque do Terminal 1, na saída do Terminal 3 e nas passarelas de pedestres entre os Terminais 1 e Terminal 3, este último dedicado exclusivamente aos embarques e desembarques internacionais. A partir de agora, estes trajetos passam a ser feitos pela via marginal à LMG 800. Os acessos aos estacionamentos também foram deslocados para a via marginal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *