American Tower testa tecnologia óptica inédita na América Latina

Redação – 16.03.2020 –

Filial da Colômbia usou transmissão óptica coerente ponto multiponto com protótipo de equipamento da Infinera

Dispositivos da tecnologia XR Optics da Infinera

Dona de vários ativos de infraestrutura digital, com mais de 43 mil torres de telefonia móvel entre eles, a American Tower testou a solução óptica coerente ponto multiponto da Infinera em sua filial na Colômbia. As inovações ficam por conta da prova de conceito ser realizada aqui, na América Latina, e por uma empresa que fornece infraestrutura para as operadoras. Segundo Andres Madero, diretor de tecnologia da Infinera para a América Latina e Caribe, a nova avaliação amplia os testes de campo, uma vez que a tecnologia já havia sido testada pela British Telecom no ano passado.

De maneira bem simplificada, a tecnologia XR Optics permite uma arquitetura ponto multiponto, ou seja, que a partir de um ponto único, onde será ativado o equipamento, as operadoras possam fornecer capacidade de transmissão óptica a vários pontos. Trata-se de uma diferenciação em relação às opções atuais. Com isso, além de simplificar as arquiteturas de rede, as operadoras podem reduzir os investimentos de capital e de operação (CapEx e OpEx).

“Como a American Tower está desenvolvendo sua rede em preparação para novos centro de dados Edge e aplicativos 5G, estamos sempre em busca de tecnologias inovadoras para nos ajudar a alcançar maior valor em nossa infraestrutura existente”, avalia Paul Choiseul, Fiber CTO EMEA & Latin America da American Tower. “O sucesso da solução XR Optics da Infinera em nossa rede PON é o ápice de uma ideia que nasceu há dois anos, quando compartilhamos nosso percurso com a Infinera para testar tecnologias DWDM avançadas nas redes PON da ATC. Esta tecnologia nos permitirá fornecer soluções de alta capacidade e latência ultrabaixa em nossas redes PON existentes que atenderão aos requisitos do centro de dados Edge e do 5G.”

“O teste com a American Tower fornece outro ponto de prova ilustrando como a XR optics alimentada por subportadora digital da Infinera pode ser aplicada às redes existentes e pode coexistir perfeitamente com o tráfego GPON”, disse Dave Welch, Infinera Chief Innovation Officer & Co-founder. “Isso representa uma mudança radical na forma como as redes metropolitanas podem ser construídas, prometendo uma redução drástica no custo total de propriedade (TCO), estabelecendo uma nova referência em escalabilidade, e aumentando a flexibilidade e velocidade do serviço.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *