Angola Cables inaugura dois novos pontos de presença no Brasil

Redação – 23.10.2020 –

Operadora africana abre Pop no Rio de Janeiro e em São Paulo, esse último numa parceria com a Ascenty

A expansão da Angola Cables no país continua e está longe de ser limitada ao cabo transatlântico ligando o Brasil ao continente africano. Ela acaba de inaugurar dois pontos de presença (PoPs), sendo um no Rio de Janeiro e o segundo em São Paulo. O PoP paulista é uma iniciativa conjunta com a Ascenty, um das líderes em projetos de colocation. De acordo com a Angola Cables, os dois pontos de presença privilegiam as duas maiores regiões de geração de tráfego de internet do país.

Agora, além do cabo submarino de fibra óptica SACS (Brasil/África) (ela tem outros dois), a operadora oferece data centers em Fortaleza e Luanda e outros 32 PoPs em 20 países de 3 continentes. A meta é oferecer “um dos portfólios de serviços de conexão mais completos do segmento, e uma cobertura moderna e de alta dimensão, que liga o Brasil diretamente aos ecossistemas internacionais mais relevantes”, segundo o comunicado oficial.

A inauguração do PoP no Rio de Janeiro, que é próprio, completa a “última milha”, podendo beneficiar mais de 500 ISPs locais, que poderão trafegar dados pelas redes da Angola Cables com as menores latências disponíveis, ser acessados por clientes e usuários internacionais via IX, além de se conectar por meio de peerings brasileiros com alta eficiência.

“O PoP do Rio de Janeiro confirma a expansão da Angola Cables no sudeste do Brasil, atendendo sobretudo aos grandes provedores e operadores regionais, que precisam de diferenciais competitivos, como baixas latências, elevado grau de segurança e suporte de conexão a outros PoPs no Brasil e ao redor do mundo”, explica Ângelo Gama, CTO da Angola Cables.

Osasco – terceiro PoP em São Paulo

Em parceria com a Ascenty, empresa líder no mercado de colocation na América Latina, a Angola Cables também está inaugurando seu terceiro PoP na região mais desenvolvida do país, com o objetivo primeiro de satisfazer a demanda de conectividade dos clientes dos serviços gerenciados pela Ascenty que assim podem usar a rede Angola Cables de ultra baixa latência para ampliar a sua capacidade e aumentar a conectividade entre redes e ecossistemas digitais do Brasil com os demais continentes.

Este novo PoP ficará alocado em um Data Center Tier III da Ascenty em São Paulo e além de permitir que a Angola Cables acesse outros data centers fora do Brasil, como nos EUA, estará diretamente conectado ao PoP de Nova Iorque, atualmente em fase de construção.

A multinacional angolana também vai operar como um Prime de Transporte Internacional para a Ascenty – inclusive via cabo submarino de fibra óptica.

“A parceria foi consolidada por existir um modelo de entrada e de escalonamento muito significativo para nossa estratégia de vendas e de expansão. Com a capacidade de colocation da Ascenty e nossas soluções de conectividade em baixa latência, esperamos ganhos para ambos os lados, atingin do mais provedoras e operadoras por meio da inauguração deste novo PoP”, explica Ângelo Gama, CTO da Angola Cables. “Queremos também atingir clientes corporativos, provedores de conteúdos, bancos e indústrias que precisarão cada vez mais de infraestrutura de Telecom de qualidade, que hoje estão nos Data Centers da Ascenty e que precisam de acesso premium à internet, por meio de uma rede segura, robusta e de baixa latência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *