Arteris oficialmente assume Rodovias dos Calçados

Da Redação – 25.08.2017 –

Com homologação da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), concessionária vai operar os 720 km do lote que foi a leilão, com investimentos previstos de R$ 5 bilhões durante os 30 anos de contrato

O conselho diretor da Artesp homologou ontem a concessão da chamada do lote que compõem a Rodovia dos Calçados, um total de 720 km no interior de São Paulo. Quem assume definitivamente o contrato de 30 anos é a Arteris, que já tinha se comprometido com pouco mais de R$ 1,4 bilhão do lance e da primeira parcela da outorga. A esses valores devem ser somados os R$ 5 bilhões previstos em obras nas três décadas de concessão.

A malha rodoviária da atravessa 35 municípios das regiões de Bauru, Franca, Itapeva, Ribeirão Preto, Sorocaba e Central. Em função dessa cobertura que corta o estado, o projeto proposto pela Arteris prevê o aporte de R$ 3,25 bilhões nos primeiros dez anos. Desse montante, R$ 1 bilhão é destinado às obras principais de ampliação da malha rodoviária, sendo que a soma maior – R$ 2,25 bilhões – vai ser alocada em obras de restauração e conservação, além de implantação de equipamentos e sistemas, assim como outras melhorias nas pistas.

A nova rodovia também ganha a inovação da cobertura de telecomunicações mais efetiva, com redes de dados sem fio Wi-Fi em todo o trajeto, disponibilizando informações em tempo real sobre a estrada. Os dados devem incluir a situação do trânsito, desvios, condições climáticas e segurança viária, alimentados, entre outros pelo monitoramento com câmeras inteligentes. Também está prevista a possibilidade de a concessionária adotar tarifas flexíveis, com preços menores nos horários de menor demanda de tráfego, por exemplo.

A oficialização da Arteris se junta à homologação da Entrevias Concessionária de Rodovias, que assinou seu contrato de 30 anos em junho e assumiu o lote  das Rodovias do Centro Oeste Paulista. A nova empresa foi criada pela Pátria Investimentos (via Fundo III de Infraestrutura), grupo que apresentou a melhor oferta na licitação realizada no dia 10 de março. Essa foi a primeira vez que um fundo de investimentos participou de uma licitação rodoviária no País. A empresa passa a operar 570 km de rodovias no estado.

Dois outros projetos fazem parte do programa de concessões do governo paulista: o do Rodoanel Norte e do chamado Lote Rodovias do Litoral. Ambos estão em fase de estudos, com previsão de publicação dos editais ainda para este ano. O projeto do Rodoanel Norte já está em fase mais avançada, uma vez que o processo já cumpriu as etapas legais de audiências e consultas públicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *