Brasil fecha setembro com 241 milhões de linhas de celular

Da Redação – 06.11.2017 –

Apesar da redução de 4% nos últimos doze meses (setembro a setembro), volume de telefones móveis ainda supera a população brasileira

Nem todos os brasileiros possuem uma linha de celular, mas certamente alguns têm mais de um aparelho ativo. Com 241 milhões, os usuários continuam majoritariamente pré-pagantes – 156,4 milhões de linhas. Quase um terço tem conta pós-paga e esse nicho tem segurado a queda: enquanto houve um decréscimo de 10,4% entre os assinantes pré-pagos de setembro de 2016 a setembro de 2017, no pós-pago o aumento foi de 10,6% no mesmo período.

Tecnologicamente, o 4G continua sua trajetória de crescimento, com aumento de 3,33% no mês de setembro em relação a agosto. Os chips utilizados na comunicação máquina a máquina (M2M) também marcam presença, com um incremento de 1,9% no período. Fora essas duas, todas as outras tecnologias apresentaram redução, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). “Nos últimos 12 meses, as linhas 4G apresentaram crescimento de 42.062.761 unidades (85,17%) e as utilizadas em aplicações máquina-máquina tiveram adição de 2.397.870 linhas (19,83%)”, informa a Agência.

Duas operadoras virtuais – que não possuem infraestrutura física de rede própria – puxaram o crescimento em setembro: a Datora, com a inclusão de 5.000 novas linhas móveis (2,68%) foi a empresa que apresentou o maior crescimento percentual. A Porto Seguro ganhou mais 12.915 clientes (2,28%). As demais empresas apresentaram variações inferiores a 2%, na avaliação da Anatel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *