Caterpillar passa a produzir transmissões para equipamentos no Brasil

Da Redação – 01.08.2018 –

A norte-americana Caterpillar inaugurou ontem a linha de produção de transmissões para equipamentos pesados na fábrica nacional de Piracicaba, no interior de São Paulo. Os conjuntos, que antes eram importados, integraram modelos de motoniveladoras, pás carregadeiras e tratores de esteiras fabricados pela empresa nacionalmente. Para a fabricante, a montagem local de transmissões aumenta a competitividade da empresa no país e fomenta a cadeia nacional de suprimentos, auxiliando a política de desenvolvimento industrial e promovendo a geração direta e indireta de empregos.

Atualmente, são seis arranjos de transmissões produzidos e a intenção é que até março de 2019 sejam 17 no total. “São 1,8 mil componentes diferentes entre todos os arranjos para atender à produção local de tratores de esteiras, motoniveladoras e carregadeiras de rodas”, informa a companhia.

Para viabilizar essa linha de produção, a Caterpillar contou com apoio técnico da Investe SP, a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade. “A produção de transmissões no mercado nacional introduz inovações e novas tecnologias à capacidade do Brasil em montar estes componentes complexos para máquinas autopropulsadas. Reduz o tempo de resposta da cadeia de suprimentos em até 20 dias. E, quando as linhas estiverem operando plenamente, teremos 70 postos de trabalho diretos adicionados em nossa fábrica, com a estimativa de gerar cinco vezes mais postos considerando toda a cadeia de suprimentos”, diz Odair Renosto, presidente da Caterpillar Brasil.

 

Processo produtivo

Segundo a fabricante, a produção de transmissões incorporou diversas soluções da chamada indústria 4.0 à planta de Piracicaba. Um exemplo está nos sistemas de gerenciamento produtivo, que identificam possíveis falhas de montagem antes que elas ocorram. Outra tecnologia avançada está nas chaves de torque, com conexão por bluetooth para aplicação e rastreamento de 100% dos torques e garantia de perfeição à aplicação.

O time de engenharia também desenvolveu o sistema transportador que movimenta as transmissões em processo de montagem sobre a linha. Dotado de tecnologia elétrico-hidráulica, o sistema ajusta a altura da transmissão de acordo com a estágio da montagem e a altura de cada montador, otimizando ao mesmo tempo a agilidade do processo e a ergonomia.

As linhas de montagem de transmissões ocupam uma área de 5,2 mil metros quadrados em um dos prédios fabris em Piracicaba-SP. Para acomodar essa nova operação, a empresa transferiu sua área de estocagem de pequenos componentes para um prédio novo, construído especialmente para esta finalidade, com 2,8 mil metros quadrados, em área dentro da mesma unidade.

O time que compõe esse projeto é formado por engenheiros de manufatura especialistas em processos, controle de qualidades, testes de validação, logística e manutenção. Os líderes dos times de produção e os operadores integram a equipe e a maioria participou das atividades de transferência na fábrica de Dyersburg-EUA, incluindo o treinamento de operadores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *