Concessionária que explora terminais em São Paulo adota Wi-Fi gratuito

Redação – 22.12.2020 –

Projeto Praça Unitah envolve 13 terminais de ônibus, com integração a duas linhas de metrô e público alvo de 1,5 milhão de pessoas por dia

A Unitah Empreendimentos, concessionária responsável pela administração de 13 terminais de ônibus integrados ao Metrô de São Paulo, vai disponibilizar uma rede de Wi-Fi gratuita aos passageiros que utilizarem seus terminais. A infraestrutura adotada é da Linktel, operadora que tem cobertura em mais de 30 mil locais. O novo serviço atenderá a um público estimado de 1,5 milhão de pessoas que circulam diariamente entre os terminais e estações de Metrô interligadas.

O Wi-Fi gratuito já acontece em algumas estações de metrô e trem de São Paulo, será a primeira vez que terminais de ônibus da capital passam oferecer internet gratuita. A expectativa é que até o primeiro trimestre de 2021 o sistema esteja liberado e o primeiro terminal a ter sinal será o do Tatuapé, previsto para estar pronto até o final de dezembro.

Os espaços de cobertura fazem parte do projeto ‘Praça Unitah’, que está revitalizando as estruturas dos terminais, com uma oferta ampliada de comércio e de serviços, além de uma nova gestão na área de segurança, zeladoria e paisagismo. “A oferta de internet gratuita nos terminais proporcionará uma experiência ainda mais completa às pessoas que frequentam os terminais”, afirma o presidente da Unitah, Luiz Fernando Ferraz Bueno

Segundo a Linktel, os equipamentos disponibilizados pela empresa são similares aos utilizados nos aeroportos e redes de metrô de outros países como o Heathrow em Londres, JFK de Nova York e o Haneda em Tóquio. “Estamos buscando o que de mais moderno existe para que o público possa acessar informações e redes sociais, como Facebook e WhatsApp, como se estivessem em suas residências”, afirma Jonas Trunk, presidente da Linktel.

Uma das vantagens do sistema implantado pela Linktel é que o Wi-Fi funcionará de forma interligada com o sistema de Wi-Fi das estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e com o Metrô paulistano. “O passageiro poderá continuar usando o nosso sistema mesmo quando troca de transporte. Os terminais escolhidos possuem alto fluxo médio de passageiros e poderão ter acessos simultâneos de diversos usuários”, informa Trunk.

A velocidade média da conexão nos terminais será de 10M, o suficiente para proporcionar uma boa experiência de navegação em redes sociais, sites, aplicativos de mensagens e troca de e-mails. Todos os terminais serão abordados por uma rede gigabit garantindo milhões de usuários utilizando a mesma rede simultaneamente. Cada pessoa poderá usar a rede por 60 minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *