Demanda de energia terá mudança histórica nas próximas décadas

Redação – 25.03.2019 –

Avaliação é do estudo Global Energy Perspective 2019, da consultoria McKinsey, com dados de 146 países

O setor de energia vai passar por profundas mudanças na próxima década, na verdade, uma transformação histórica na avaliação da consultoria norte-americana McKinsey. O que muda? Primeiro, a geração solar e eólica passam a ser dominantes. Em segundo lugar, a energia elétrica deve ser a predominante nas estradas, com a entrada cada vez maior de carros elétricos e da instalação de infraestrutura de eletropostos em rodovias. Os dados fazem parte do estudo Global Energy Perspective 2019, um relatório detalhado com informações de 146 países, 55 tipos de energia e 30 setores.

E as mudanças não param por ai. Depois de mais de um século de crescimento constante, a demanda global de energia deve entrar numa nova fase, mais estabilizada, por volta de 2030. E isso acontece mesmo com o crescimento da população. A explicação? Parte dessa estabilização acontecerá pelo incremento de serviços de baixo consumo de energia na indústria e aplicação de políticas de eficiência energética. Um exemplo são as usinas siderúrgicas chinesas, que devem empregar fornos mais eficientes tecnológica e energeticamente.

As energias renováveis, por sua vez, aumentam o peso. A eólica e a solar devem aumentar a um fator de 13 e de 60, respectivamente, entre 2015 e 2050. Em 2035 se espera que as energias renováveis respondam por 50% da geração de energia global.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *