Embratel lança M2M para conectar carros

Da redação – 04.04.2016 – 

Tecnologia permite troca de dados de controle, monitoramento e assistência técnica entre motorista e parceiros. Travamento de portas remoto e controle em rotas perigosas são outros recursos da solução. 

A internet das coisas (IoT, da sigla em inglês) é um processo inevitável e a aplicação em mobilidade urbana um de seus principais nichos. É o que mostra a Embratel, que acaba de lançar um serviço de comunicação máquina a máquina ou M2M. O M2M nada mais é do que uma das subdivisões da IoT e, nesse caso, vai permitir a troca de dados sobre controle, monitoramento e assistência técnica, de forma automática.

“Estamos levando o que há de mais moderno em termos de tecnologia para dentro dos carros brasileiros”, diz a diretora Executiva da Embratel e Claro Empresas, Adriana Coutinho Viali. Segundo ela, a medição da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostra que a operadora seria a líder no mercado de M2M no país.

Com a nova oferta é possível acionar autofalantes e microfones do sistema hands-free dos carros, travar portas à distância, conectar aplicativos para funções especificas e programar o carro para responder a comandos de vários celulares de membros de mesma família, por exemplo.

O motorista pode, também, pedir para a central de uma montadora acompanhar seu percurso em casos como rotas perigosas ou viagens. Se notar que houve desvio ou parada inesperada, a tecnologia possibilita que a central entre rapidamente em contato para prestar ajuda. Além disso, é possível avisar por mensagem outra pessoa quando seu carro estiver chegando ao destino.

Funcionalidades como o envio de guincho, mecânico e de assistência técnica podem ser programadas diante de ocorrências específicas, assim como o acionamento de resgate médico caso os Air Bags venham a ser utilizados.

A solução também oferece informações sobre a previsão do tempo, notícias do dia, indicadores da economia, condições de tráfego e dados sobre temas de interesse como atrações turísticas, lojas e restaurantes.

“É possível fazer até a reserva em restaurantes”, explica Adriana Viali, reforçando que a Embratel está contribuindo fortemente para o avanço da tecnologia no Brasil.

A GM já está utilizando a tecnologia em automóveis brasileiros nos modelos Médio Cruze 2016 e no novo Cobalt da Chevrolet. Já a Volvo aplicou a solução no modelo XC60. A tendência é que essa tecnologia passe a ser testada e adotada em novos automóveis.

Em outros segmentos, a tecnologia de M2M da operadora possibilita aplicações como o monitoramento de gastos de água, gás e luz com medidores inteligentes, segurança patrimonial, gestão de frotas ou de cooperativas de táxi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *