Aplicativo promete otimizar processos construtivos

Da Redação 17.06.2015 – 

Tecnologia permite maior colaboração entre profissionais em obras de infraestrutura como rodovias, ferrovias, túneis e outros.

A Dassault Systèmes, produtora de softwares de design 3D, acaba de lançar a solução Civil Design for Fabrication para a indústria de arquitetura, engenharia e construção. A tecnologia tem como mote permitir que profissionais dessas áreas possam se envolver em projetos mais colaborativos e produtivos na construção de estradas, pontes, túneis, ferrovias, entre outros projetos estruturais.

O software foi desenvolvido em parceria com a companhia de engenharia chinesa Shanghai Municipal Engineering Design Institute (SMEDI) e oferece uma visão integral das atividades de engenharia de infraestrutura civil dentro de um cenário de até 200 km. Aplicativos como os de geolocalização e de preparação do terreno, modelos 3D adaptáveis e reutilizáveis, layouts automatizados de componentes estruturais, além de importação de dados e análise de peso, fornecem os recursos necessários para projetar e ajustar rapidamente informações de estruturas de construção e modelagem.

Segundo Marty Doscher, vice-presidente dessa área na Dassault Systèmes, a solução traz novos níveis de precisão para projetos de infraestrutura, devido à colaboração entre as equipes de projeto, engenharia, fabricação, construção e do proprietário. “Oferecemos um catálogo completo de modelos e elementos adaptáveis e reutilizáveis de projeto, além de relatórios em tempo real” afirma.

O Civil Design for Fabrication promete melhorar a produtividade utilizando os dados de projeto de engenharia, capturando o conhecimento especializado dos membros da equipe e de clientes, facilitando o acesso e possibilitando o uso das informações mais atuais. A plataforma também conta com modelos de projeto conceitual que podem ser integrados a dados, gastos, quantidades, especificações e tempo de fabricação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *