Fabricante chinesa de olho no mercado brasileiro de pneus para caminhões

Da redação – 03.05.2016 – 

O Brasil já responde por 10% das vendas de pneus de carros de passeio da chinesa Aeolus. Próximo alvo pode ser o segmento de caminhões e de veículos industriais.

A chinesa Aeolus faturou US$ 1 bilhão em 2015, sendo que 55% desse total veio das vendas no exterior. Com subsidiárias em seis países, inclusive Brasil, a empresa projeta manter o mesmo nível de faturamento, mas subir as vendas externas para US$ 600 milhões. O mercado brasileiro, que já responde por 10% das vendas de pneus para automóveis de passeio, agora entra na mira da fabricante em função do potencial dos segmentos de caminhões e outros veículos.

Vamos aos números:  a Aeolus produz cerca de 12,3 milhões de pneus por ano, mais da metade – 6,5 milhões – para o segmento de ônibus e caminhões. Os outros 5  milhões de unidades vão para o subsegmento de automóveis de passeio e utilitários esportivos, enquanto os para veículos da área industrial recebem os 800 mil restantes.

“O Brasil é um mercado muito importante dentro dos planos estratégicos da Aeolus e, hoje em dia, responde por 10% das vendas de pneus de automóveis de passeio da marca pelo mundo”, confirma Ali Guo, diretor internacional de Vendas & Marketing da Aeolus Tyre, que visitou o país na semana passada.

Segundo ele, a Aeolus planeja continuar aumentando sua participação no Brasil. A marca atua nos segmentos de carros de passeio, utilitários esportivos, comerciais leves, caminhões, ônibus, tratores e máquinas e veículos utilizados nas áreas de mineração e construção.

Fabricante chinesa produziu 12,3 milhões de pneus em 2015.
Fabricante chinesa produziu 12,3 milhões de pneus em 2015.

Outra novidade da empresa é o investimento de US$ 30 milhões em um novo centro de pesquisas e desenvolvimento de pneus na China.  O laboratório centralizará todas as pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias nos segmentos de pneus de caminhões e industriais do Grupo ChemChina, principal acionista da Aeolus. O local, que terá 18 mil m² de área, vai beneficiar todas as marcas de pneus do Grupo – além de Aeolus, também a gigante Pirelli e outras três marcas chinesas.

O novo laboratório começa a ser construído em novembro deste ano, dentro da fábrica de Jiaozuo, localizada na província de Henan, na China. A conclusão do projeto está prevista para julho de 2018. “Este novo centro de desenvolvimento vai unir profissionais e tecnologias do Grupo ChemChina do mundo todo. Nossa expectativa é que 90% dos testes com novos pneus sejam realizados lá a partir de 2018”, afirma Ali Guo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *